quarta-feira, abril 24, 2013

14

O risco de se pregar o amor



Por Hermes C. Fernandes

Lembro-me de quantas vezes ouvi meu pai falar de amor. Essa era, sem dúvida, uma das tônicas de seu ministério, o que lhe rendeu o apelido de “apóstolo do amor”. Não foi ele quem se intitulou assim. Aliás, ele nunca ligou muito pra título. Por isso, só pouco antes de morrer, na semana em que partiu, ele aceitou ser sagrado bispo. Mas ainda hoje há quem se refira a ele como “apóstolo do amor”.

Mas ele sabia dos riscos que havia de se pregar o amor. Algumas pessoas mal intencionadas se aproveitavam para extrair dele algum benefício, e quando ele não podia atender à um pedido, logo o chamavam de incoerente, de não viver o que pregava, etc. A bem da verdade, algumas vezes ele caiu em verdadeiras armadilhas. Ele preferia acreditar nas pessoas, até que se provasse o contrário.

Muitos dos seus gestos de amor eram feitos à surdina. Eu mesmo já testemunhei ocasiões em que ele ajudou alguém, e pediu que não divulgasse. Ele buscava seguir à risca à orientação dada por Jesus: o que fizer a mão direita, não o saiba a esquerda.

Quando decidi fazer da mensagem do amor uma das principais ênfases do meu ministério, eu estava plenamente ciente do que isso me acarretaria. Eu seria julgado com mais severidade. Seria acusado de incoerência, quando tivesse que disciplinar alguém na igreja. Teria minha vida constantemente perscrutada por aqueles que me almejassem “desmascarar”. Mas resolvi correr o risco.

Confesso que às vezes o preço parece mais caro do que eu supunha ser. Mas, por outro lado, é gratificante. O resultado positivo não pode ser ofuscado por nenhuma contestação ou acusação.

Que me acusem do que quiserem. Não me importo. Mas jamais se atrevam a atacar a mensagem, pois ela não é minha, é de Deus.

Não vou deixar de pregar o amor, ainda que, quanto mais amar, eu seja menos amado. Não busco ser correspondido. O amor de Deus por mim supre minha carência por completo. O fato de Ele me amar é suficiente para que eu ame tanto a meus amigos, quanto a meus desafetos.

Continuarei pedindo discrição daqueles a quem eu tiver oportunidade de ajudar. Minha recompensa vem do Senhor.

Não vou perder tempo emprestando meus lábios às acusações, sejam elas infundadas ou não. Como também não quero perder tempo me explicando, me justificando, pois tenho quem me defenda e me justifique. Com a palavra... meu advogado... Jesus!

Trata-se de um caminho sem volta. Seja qual for o preço a ser pago, não se pode retroceder.

Que o mesmo Espírito que derramou profusamente o amor de Deus em nossos corações, nos dê condição de arcar com os eventuais custos disso.

Pregar o amor é colocar-se no banco de réus. Viver o amor é dar às pessoas amadas o poder de nos decepcionar. Mas é o mesmo amor que nos agracia com o dom de perdoar.

14 comentários:

  1. Querido Hermes.
    Venho seguindo suas mensagens sobre amor e aprendendo muito com elas. Hoje no alto de meus 46 anos, infelizmente só conheci Jesus há menos de um ano, estou muito feliz, ontem fiz a primeira pregação em minha igreja. Mesmo antes de me converter, sempre acreditei muito no amor, e já sofri muito por “acreditar nas pessoas, até que se prove o contrario”, muitas vezes minha família e meus amigos me criticaram por esta conduta, mais nunca consegui mudar, faz parte de minha personalidade. Agora que o Senhor me chamou, isso ficou mais forte. Decidi então servir ao Senhor, tendo o amor como; leme, inspiração e regra de conduta. (Prova disso é o blog que criei, com o nome de ágape. Já escrevi 11 mensagens baseadas em 1Co13). Ainda não havia pensado nos riscos que correrei, gostei muito de sua exposição. Mais como você e seu pai, que infelizmente não conheci, não pretendo mudar meu rumo, só ficarei mais atento quanto às armadilhas que por ventura possam aparecer.
    Em Cristo:
    Amarildo.

    ResponderExcluir
  2. Caro Pastor:
    Jesus correu riscos ainda maiores em sua época, já que na sua época o politeísmo era a "religião oficial" e ai de quem contestasse os "deuses" naquela época.
    Será que suportaríamos? Jesus morreu na cruz para nos salvar e deixar o seu maior princípio: Amor ao Próximo.
    Martin Luther King, Madre Tereza de Calcutá e todos aqueles que lutaram e lutam pelo amor foram perseguidos e alguns até mortos, porém o legado do Amor que Cristo deixou continuará, pois Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.

    A Paz

    ResponderExcluir
  3. Amarildo, acredito que nesses últimos tempos, Deus tem despertado a consciência de muitos para um retorno à mensagem principal do Evangelho: o AMOR.

    Fico feliz de saber que ainda no início de sua caminhada cristã já lhe haja esta consciência.

    Seus comentários são sempre bem-vindos aqui.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Pri Viana,

    Seus comentários têm sido sempre uma bênção para mim.

    Pregar e viver o amor sempre trará consequências, algumas boas, outras nem tanto. Mas vale a pena, pois no final de tudo, o amor prevalecerá. O mundo será amorizado!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Espero que a geração "gospel" consiga trazer para si as verdades contidas no evangelho a respeito do amor e claro, que direcionem esse amor para Deus e para seus irmãos, para o seu próximo, em detrimento do atuais objetos de adoração, poder, riquezas..

    Deus abençoe teu ministério, e que vc continue nos edificando e nos ajudando a crescer em amor uns com os outros amado irmão...

    ResponderExcluir
  6. O amor cobrirá a multidão de pecados. Texto coo sempre edificante! Amar é correr riscos

    ResponderExcluir
  7. MEU IRMÃO HEMES,JESUS TE ABENÇÕE.
    ESTA É MINHA OPINIÃO OK?
    AMOR! QUE AMOR É ESTE! QUE ESTAMOS VENDO NESTE MUNDO DE TREVAS E PRINCIPALMENTE NAS IGREJAS EVANGÉLICAS.
    O QUE ACONTECEU NA IGREJA DE CORINTO,ESTÁ ACONTECENDO NA NOSSAS IGREJAS ATUAIS,COM APENAS UMA DIFERÊÇA: AS IGREJAS ATUAIS ESTÃO PIORES OU SEJA: O MUNDO ESTÁ ATOLADO ARRAIZADO DENTRO DELAS,E O JOIO SÓ CRESCENDO,E O VERDADEIRO TRIGO SÓ SOFRENDO.
    JESUS DISSE:POR SE MULTIPICAR A INIQUIDADE O AMOR DE MUITOS ESFIARÃO,QUASE TODOS.
    TAMBÉM JESUS DISSE,PARA AMAR-MOS AO NOSSO PRÓXIMO COMA A SI MESMO.
    EU NÃO ESTOU VENDO ISTO ACONENCER NÃO! PELO CONTRÁRIO,ESTOU VENDO É: PESSOAS PASSANDO UMAS POR CIMA DAS OUTRAS SEM DÓ E PIEDADE,DESTRUINDO MINISTÉRIOS DANDO FALSOS TESTEMUNHOS OS CHAMADOS FARISEUS CANUNIADORES DO SÉCULO ATUAL. VER SALMOS 101.5.
    PRINCIPALMENTE OS CHAMADOS " SANTOS CRISTÃOS",FALSA IRMANDADE,O SEJA: O CRISTIANISMO FALSO CHEIOS DE HIPÓCRITAS.
    COMO SE DIZ O SABIO PROFETA JOÃO BATISTA,A VOS QUE CLAMAVA NO DESERTO: RAÇA DE VIBORAS QUE VÓS LIVRARÁ DA IRA VINDOURA.
    O ÚNICO E VERDADEIRO AMOR E AMIGO SE CHAMA JESUS CRISTO DE NAZARÉ.
    O HOMEM,ENQUANTO ESTIVER COM O SEU ( EU O SEU EGO,DOMINANDOR ),O PECADO QUE ESTÁ ARRAIZADO EM SUA VIDA QUE NÃO CONSEGUE DEIXAR,NUNCA VAI AMAR NINGUÉM.
    AMAR É DÁ A SUA VIDA AO PRÓXIMO.QUERER O BEM DO PRÓXIMO,E NÃO DESTRUI-LO.
    FIQUEM NA VERDADEIRA PAZ QUE É O ÚNICO JESUS O NAZARENO.

    ResponderExcluir
  8. Cláu9:15 AM

    CORREÇÂO!
    POR FAVOR PUBLIQUE ESTA CORREÇÃO.
    Meu irmão Hermes,a Paz de Jesus o nazareno está sempre com vc.
    Irmão Hermes,gostaria de corrigir as palavras que escrevi com erro de digitação devido a pressa,são elas: DIFERÊÇA E CANUNIADORES.
    OU SEJA: O CERTO É: DIFERENÇA,E CALUNIADORES OK? ME DESCULPEM.

    Meu querido irmão Hermes,Jesus Cristo está contigo meu irmão! Vc é um ganhador de almas,e muitas almas conhecerão e aceitarão Jesus através da tua vida.isto é de Deus ok?
    Deixo um versículo para sua meditação: Jeremias 1.19.
    Pelejarão contra ti,mas não prevalecerão;porque eu sou contigo,diz o SENHOR,para te livrar.

    ResponderExcluir
  9. Caro Pastor Hermes, glória a Deus pela sua vida, e opção! Realmente é disso que o evangelho precisa. As pessoas no geral tem se tornado cada vez mais independentes, desprezando a dependencia do Espirito Santo. Pregar o amor é dizer a Cristo o como somos dependentes dele.

    Abraço... me fez muito bem ler este texto, mostra o como não estou só neste propósito!

    ResponderExcluir
  10. OI AMIGO, TUDO BEM?
    (SOU DA ASSMEBLEIA DE DEUS)
    EU PEGUEI ESSE ARTIGO SOBRE O PREGAR SOBRE AMOR E PUS NO MEU BLOG (COM FONTE CITADA E LINKADA, TUDO DIREIRINHO) E SEU BLOG TA NA LISTA DE LINKS DO MEU.
    UMA DAS COISAS BOAS DE TER UMA FÉ BASEADA NO AMOR É QUE VOCE SENTE A PRESENÇA DE DEUS DE FORMA MAIS CONSTANTE E TUA FÉ FICA SOLIDA MESMO EM PERIODOS DE ARIDEZ(DESERTO).
    E AQUI AO MEU REDOR TENHO VARIOS EXEMPLOS DE PESSOAS COM FÉ BASEADAS EM LEGALISMOS, MORALISMOS, NAO PODES E NAO-ME-TOQUES, NAO COMA, ETC QUE NUM VENTINHO DE NADA DESABOU COMO UM CASTELO DE BARALHO.
    E QUANDO A FÉ É BAESADA NO AMOR, MESMO QUE VENHA UMA TEMPESTADE VOCE SE SENTE PROTEGIDO, O QUE EU TENHO SEMPRE VIVIDO DESDE QUE TOMEI A DE-CISAO DE REGER MINHA VIDA PELO AMOR(A COMEÇAR PELAS ORAÇÕES/MEDITAÇÕES). E COM ISSO MEU MEDO DA MORTE QUE EU TINHA DESDE NASCENÇA E FORTÍSSIMO (SIM, PORQUE EM QUALQUER SITUAÇÃO OU DOR OU ATE MESMO QUANDO EU FICAVA MAL DO ESTOMAGO ERA COMO SE EU FOSSE MORRER) SENTI POR ESSES DIAS QUE FOI DELETADO DE MIM!!!!\o/\o/!!! DEFINITIVAMENTE!!!!
    E QUANDO EU CONTEI PROS MEUS FAMILIARES SOBRE ISSO (PODER CURATIVO, CONSOLADOR E PROTETOR DO AMOR) ACHARAM QUE EU ESTAVA CAMINHANDO POR "TRILHAS PERIGOSAS" E QUE EU ESTAVA EM "PERIGO DE DESCRER EM DEUS" E VULNERAVEL AOS "ATAQUES DO INIMIGO" (COMO SE LEGALISMO/JUSTIÇA-PRÓPRIA PROTEGESSE ALGUMA COISA).
    E OUTRA COISA QUE NOTEI É QUE AS ESCITURAS SE ABRIRAM PRA MIM DE UMA FORMA SOBRENATURAL(TANTO O NT COMO O VT).
    TENHA UM ÓTIMO FIM DE SEMANA!
    ABRAÇÃO!

    LEIA
    MATEUS 22:34-40;
    MARCOS 12:28-24;
    ISAIAS 58:1-12;
    LEVITICO 19:18; 26:11-13.

    SHALOM

    ResponderExcluir
  11. Hermes,

    A mensagem do amor vem acompanhada de uma tolerância com o diferente, creio que por isso, todos nós que ousamos caminhar esse caminho somos apedrejados.

    Os que preferem o ódio e o julgamento insensato não sabem diferenciar, equilibrar, escutar tudo e reter o quê é bom. Eles na verdade, são culpados de idolatria dos pacotes fechados!

    Insensíveis e grosseiros, demonizam todos que não se enquadram em seus pensamentos. Alguns nos acusam de querermos amar mais as pessoas do que Deus, veja que prepotência? Como poderia nós, naturalmente pecadores ter mais amor que o próprio Amor?

    Na verdade, é eminente no ser humano odiar mais do que Deus odeia. Querer ser mais justo que a própria Justiça.

    Eu achava que seria apedrejado quando pregasse sobre o pecado, mas incrivelmente, sou muito mais apedrejado por pregar o amor.

    Força nessa luta meu irmão! Andei lendo por aí umas crueldades que um cidadão digno de pena andou escrevendo sobre você e sua linda filha especial. Na verdade, há algum tempo esse individuo me abordou no facebook para denigrir o Danilo. Me mandou uma série de links com uns textos enormes. Não tive paciência para ler e deixei para lá...

    Agora recentemente, esse individuo cruzou novamente o meu caminho no blog em que fui convidado para ser colunista. Ele publicou algumas difamações sobre você e sua igreja, umas viagens sobre Nova Era, maçonaria...enfim. São os frutos podres daquele vídeo sensacionalista que andou rolando no final de 2009, nasceram vários caça illuminatis.

    Saiba que você não chora sozinho as dores dessa perseguição por simplesmente insistir amar as pessoas e deixar que o verdadeiro juiz decida quem vai ou não se salvar.

    Abraços fraternos,
    Marcello.

    ResponderExcluir
  12. belíssimo texto bp hermes, é realmente arriscado pregar e viver o amor de Deus mas vale a pane. parabéns pelas palavras edificantes!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo6:29 PM

    A ideia que deve calcificar-se como pilar da nossa honestidade é: Continuarei pedindo discrição daqueles a quem eu tiver oportunidade de ajudar. Minha recompensa vem do Senhor.

    PAIXÃO, Edson.

    ResponderExcluir
  14. me tirem uma dúvida pq não tem igreja nem padre pobre todos que estão defendendo uma imagem ou religião estão de boa enquanto os fiéis estão sem pão tá osso isso .

    ResponderExcluir