quinta-feira, julho 30, 2009

4

No que a igreja se tornou...

"No início, a igreja era um grupo de homens centrados no Cristo vivo. Então, a igreja chegou à Grécia e tornou-se numa filosofia. Depois, chegou a Roma e tornou-se uma instituição. Em seguida, à Europa e tornou-se uma cultura. E, finalmente, chegou à América e tornou-se um negócio" (Richard Halverson).

Vou um pouco mais longe: Quando chegou ao Brasil, tornou-se um circo!
Com tanto malabarismo teológico, palhaçadas, milagres tirados da cartola, só poderia dar nisso.
* A imagem usada é apenas ilustrativa. Muitas igrejas sérias se reúnem sob lonas circenses. Como não encontrei outra imagem, resolvi correr o risco de ser mal compreendido, e usei esta que encontrei na internet.

4 comentários:

  1. Otima reflexao! muito profunda!


    www.exejegues.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Prezado Hermes

    Este Richard Halverson resumiu brilhantemente a HISTÓRIA DO SINCRETISMO CRISTIÂNICO, que chegando aqui virou carnaval (kkkkkkk)

    Esse texto está na mesma linha do Evangelho do TER, que postei agora mesmo no "Ensaios & Prosas"
    Se puder confira.

    Graça e Paz,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  3. Essa postagem me desapontou.
    O irmão que a escreveu perdeu a seriedade que tinha.

    Não tem algo melhor a fazer do que piadinhas com fotos de uma igreja sem templos de alvenaria (que é o que vemos na foto)?

    Piadinha de mau gosto.

    Por acaso é a forma do prédio que dita o que há no coração dos homens?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8:27 AM

    inflezmente há pessoas que não entenderam que não se trata de uma piada com o "templo" das pessoas, mas uma realidade das páticas das igrejas.

    ResponderExcluir