terça-feira, outubro 07, 2014

9

Um BASTA aos FILHOS DA SANGUESSUGA!



Por Hermes C. Fernandes

"A sanguessuga tem duas filhas, a saber: Dá, Dá. Há três coisas que nunca se fartam, quatro que nunca dizem: Basta. A sepultura, a madre estéril, a terra que não se farta de água, e o fogo, que nunca dizem: Basta”. Provérbios 30:15-16

Que vergonha!

Como Sansão, temos sido expostos publicamente ao vitupério, para que o mundo se divirta às nossas custas. Fomos de um extremo ao outro: de heróis da fé a bobos da corte. Deitamos no colo de Dalila, permitindo que ela passasse sua afiada navalha em nossa honra. Dentro da simbologia bíblica, “cabelos” significam honra. É preferível ter a navalha em nossa própria carne, a tê-la em nossa honra.

Tivemos nossos olhos vasados, e fomos empregados no moinho dos filisteus. De inimigo "número um" do pecado, da injustiça e da corrupção, tornamo-nos na força motriz que mantém seu moinho em movimento. O sistema contra o qual lutávamos nos domesticou. Perdemos a ferocidade. E agora, inofensivos, somos expostos no Templo de Dagon, ridicularizados por aqueles que antes nos temiam e respeitavam.

Temos sido pegos com a mão na botija! Flagrados fazendo o que sempre condenamos com tanta veemência. Dinheiro na cueca, na meia, na Bíblia, na alma. A Besta do Apocalipse nos etiquetou.

Resta-nos o último pedido! Alguém se candidata a fazê-lo? 

Quem se colocará entre os pilares do templo de Dagon? 

Quem diria que um dia teríamos que orar, pedindo: Só mais uma vez, Senhor! Volta a dar-nos a força que  tínhamos. Hoje temos força política, mas não temos força moral, muito menos espiritual.

De acordo com Salomão, a sanguessuga é mãe de gêmeos homônimos. Suas crias são conhecidas com o sugestivo nome de “Dá”. Elas são comparadas à três coisas que nunca se fartam, e quatro que jamais dizem “basta”: a sepultura, a madre estéril, a terra que não se farta de água, e o fogo, que em sua fúria, jamais se sacia.

Dá e Dá são a “igreja”(com “i” minúsculo, mesmo) e as instituições públicas, que numa relação incestuosa, geram cada vez mais sanguessugas, ávidas de poder, fama e dinheiro. Talvez hoje, Salomão as chamasse de "Toma lá" e "Dá cá".

A sepultura é aquela que recebe o cadáver, e o decompõe. Não há excessão: todos os que nela são colocados se corrompem (nos dois sentidos). A sepultura é semelhante às filhas da sanguessuga.

No caso em questão, a sepultura é a igreja evangélica institucionalizada, que tornou-se o ambiente onde cadáveres vivos, verdadeiros zumbis, estão se decompondo em plena luz do dia. A ética é relativizada e flexibilizada de acordo com os mais excusos interesses. Engole-se camelos, enquanto mosquitos são cuidadosamente coados.

A madre estéril é a igreja que já não gera filhos, pois vive de adesões, e não mais de conversões. Dada a sua esterilidade, ela “adota” filhos, que às vésperas das eleições, forjam conversões, para conquistar os votos dos irmãos desavisados.

A terra, por sua vez, tem um incrível poder de absorção. Não importa o volume de água, ela sempre o absorve. Assim, a igreja evangélica vem absorvendo as práticas do mundo, sob o pretexto de contextualizar-se, tornando-se menos intransigente, e mais atraente aos olhos do mundo, principalmente dos poderosos.

O fogo voraz não pode ser detido. Por onde passa, deixa um lastro de destruição e prejuízo. Tal é o apetite das filhas da sanguessuga.

São subproduto da relação incestuosa entre igreja e Estado.

Não bastasse a exploração que tem sido feita nos púlpitos, por profeteiros da hora, servos de Mamom, pastores agora trocam seus púlpitos por palanques, e o templo pelo plenário. E pior, negociam sua unção, por um apetitoso prato de lentilhas.

Os votos dos crentes tornaram-se moeda de troca. A honra da Igreja é vendida por alguns milheiros de tijolos, sacos de cimento, instrumentos musicais, carro, propriedades e cargos públicos para o pastor e seus familiares, etc.

Seria esta a igreja que em Apocalipse causa náuseas em Jesus? Não estaria ela prestes a ser vomitada? Ou seria esta a que Jesus ameaça tomar-lhe o candeeiro?

Se a igreja evangélica perder seu candeeiro, passará a funcionar na clandestinidade espiritual. Seu Alvará celestial terá sido cassado.

Que Deus tenha misericórdia de nós!

Ou que ele nos tire a tempo desta nova Babilônia que começa a configurar-se.

Não foi com isso que sonharam os Reformadores. Não era esta a igreja que Jesus tinha em mente, quando afirmou que as portas do inferno não prevaleceriam contra ela.

A Igreja dos sonhos de Deus é bem diferente da Sanguessuga e suas filhas. Enquanto estas jamais dizem "basta", a genuína Igreja é a que declara em uníssono com Paulo: "A Tua Graça me basta!"


* Escrito e postado originalmente em 26 de janeiro de 2010

9 comentários:

  1. Nossa, realmente, Hermes você foi 10 neste texto.

    Estes homens que se dizem profetas e homens de Deus não passam de energumenos filhos do diabo que querem corromper e confundir a igreja de Cristo.

    ResponderExcluir
  2. Laudinei9:06 PM

    Enquanto a igreja se alegra com o crescimento numerico a verdade esta ai brilhantemente estampada no texto. Infelizmente ele expressa a realidade da igreja brasileira.

    Laudinei
    Exemplobereano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Laudinei, quem te disse que a igreja está crescendo?? Ela está inchando apenas... O aparente crescimento é o maior engôdo que Satanás criou para fazer a Igreja caminhar em círculos!
    É preciso abrir os olhos, o coração e tomar atitudes pertinentes à fé que se dispôe a pregar.

    Hermes, como bem você mostrou, a história continua se repetindo.

    Abraço!

    www.gildocarvalho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ótimo post meu amado.

    Sempre os tenho em meu blog.

    Grande abraço!

    Fraternalmente

    Werbevan Castro

    ResponderExcluir
  5. Sensacional. Excelente texto. :)

    ResponderExcluir
  6. Texto corajoso, fiel, ao ponto. Concordo em tudo. Este texto, deveria ser lido em todos os púlpitos, divulgado em todas as mídias, distribuídos a todos os crentes. O que mais me deixa triste, é que não vejo nunhum expoente, do que ainda resta, das igrejas evangelicas tradicionais (batistas presbiterianas, metodistas, etc.) levantar a voz contra essa desmoralização da palavra de Deus, que é feitas por estes "fihos de snguessuga". O único que levanta a voz contra essa exploração espiritual é o site genizah. Fico mais triste ainda quando leio, acusação descabida contra uma igreja séria, que prega a palavra e continua levando adiante a reforma protestante do século XVI, que provalvelmente, Valdomiro Santiago, Malafaia, Edi Macedo & caterva, nunca ouviram falar. Refíro´me à Igreja Adventista do Sétimo Dia que tem todas as suas doutrinas baseadas na Bíblia e sustentadas por alguns dos reformadores. É certo que eles, os Adventistas, pregam algumas doutrinas, que devergem do pensamnto de algumas dessas igrejas evangélicas atuais, citadas acima, até por que os reformadores não eram unânimes em todos os pontos doutrinários. Mas por isto, não são heréticos nem sectários, como são impiedosamente acusados. Quem prega a pura verdade da Bíblia é chamada de seita, e o que é essa teologia da prosperidade?... Essas igrejas do tal "Cai Cai", das campanhas de libertação,(com dinheiro, claro!)da exploração financeira, das toalhinhas suadas, dos canês milagrossos, da campanha do sabão; pois é, apareceu por aqui uma igreja, que pede que se leve um pacote de sabão, e ele, o pastor milagreiro daquela igreja, leva aquele sabão para o alto de uma montanha e abençoa-o por sete dias, devolve ao dono, depois de pagar, é claro; e depois tudo o que aquele sabão tocar fica abençoado. sabia disto? Porem isto não é seita, É a mais pura igreja evangélica. Pelo menos é o que dizem os evagélicos, com seus ensurdecedores silencio. Danilo, e equipe do Genizah, continuem em vossa luta contra essa pouca vergonha que tomou conta das igrejas do Brasil.
    Eu prefiro pertencer a um igreja séria, que chamam de seita, a fazer parte e/ou concordar, com essa bagunça que se tornou a igreja evangélica no Brasil.

    ResponderExcluir
  7. Aleluia! Glória a Deus Pr.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo11:30 AM

    Que belo texto!!
    Mas infelizmente a grande maioria dos cristão de hoje nem sabe dos que você está falando.
    Dias difíceis.
    Em Cristo
    Renato Santiago - BH/MG

    ResponderExcluir
  9. Anônimo12:07 PM

    Hermes devemos saber-nos que o joio está no meio do trigo, e que o joio sufoca o trigo.
    As coisas no meio evangélico e no mundo vai piorar, isto é apenas o princípio das dores que estamos passando, coisas piores ainda virão.
    É a volta de Jesus, isto tem que acontecer para Jesus voltar e buscar
    sua igreja.Muitos cristãos estão confundindo igreja de parede com igreja de Cristo que é o povo espalhado pela terra, livre sem parede.
    Os cristão estão adotando as igrejas, templos de parede como se fosse seu refúgio espiritual, sabendo que o joio está no meio dele e ele nem sabe que o sujeito ao seu lado está orando impondo as mãos em sua cabeça, é um joio e ainda diz amém.
    Sabe a diferença do trigo e do joio Hermes! FATO REAL!
    Trigo e joio, são plantas idênticas iguais, e os dois vivem juntos na plantação, onde está o trigo, o joio está ao seu lado.
    Mas eu vi em uma fazenda um dia estas plantações, o trigo e o joio,
    são Verdadeiramente iguais.
    Mas começou a ventar muito forte, e eu vi que o trigo com o forte vento começou a se curvar até o solo e o joio não curvou, ficou em ereto.
    É isto que está acontecendo nas igrejas atuais, o trigo está se
    curvando e o joio em pé ditando as ordens em cima de um púlpito, e vc vc ainda dizendo amém.
    Infelizmente Hermes a igreja de Cristo se encontra enferma espiritualmente.
    Há muito mover do homem com atrações mundanas dentro das igrejas
    os templos da congregação, e o Espírito Santo do lado fora delas.
    O negocio hoje de igreja evangélicas é nº de membros e dinheiro, virou empresas financeiras e balcão de negócios, comercialização de
    todos os tipos dentro dos templos, da congregação.
    Olha a ilustração de Jesus, e a ordem que Jesus deu AO ENTRAR NO TEMPLO em Lucas 19.45,46: Jesus ao entrar no templo, começou a expulsar todos os que vendiam e compravam,
    dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração;mas vós fizerdes dela covil de salteadores.
    Depois desta palavras de Jesus os que ensinavam no templo; e os principais sacerdotes, os escribas e o próprio povo que seguia Jesus queria matar Jesus, leia Lucas 19.47.
    Jesus Cristo deixa bem claro que a casa de Deus existia para ser " casa de oração " e não casa de negócios de lucros como vemos hoje nas igrejas evangélicas, veja bem o que Jesus Disse: ( CASA DE ORAÇÃO), é um lugar onde o povo de Deus pudesse ter um encontro com Ele, na devoção espiritual, na oração e na adoração, leia Lucas 19.45. Portanto, a casa de oração o templo congregação não deve ser profanada como fazem hoje como meio de autopromoção social, lucro financeiro, diversão ou show artístico. " Sempre que a casa de Deus é assim usada por pessoas de mentalidade mundana ," ela torna-se " um covil de ladrões ", assim disse Jesus Cristo em sua Palavra que está aí escrita.
    Irmãos! Não brinque com Deus, Ele é fogo consumidor.
    Horrível coisa é cair nas mãos do Deus Vivo.

    ResponderExcluir