sexta-feira, maio 16, 2014

4

"Making Of" de nossa vida



Por Hermes C. Fernandes

Gosto de imaginar que ao adentrarmos a eternidade teremos acesso aos nossos arquivos existenciais. Poderemos até assistir in loco a cada episódio de nossa jornada, porém, sem poder interferir em nada. Quem sabe haja lições preciosas que nos foram ministradas durantes tais episódios, mas que não foram apreendidas completamente. Daí a necessidade de se fazer uma espécie de revisão. Talvez tenhamos aprendido apenas o superficial, conquanto haja camadas mais profundas que careçam de ser investigadas. 

Também acredito que aferiremos o alcance e a repercussão que nossas obras tiveram, bem como tomaremos conhecimento de vidas que foram afetadas direta ou indiretamente por elas. Não ouso dogmatizar sobre isso. Trata-se apenas daquilo que considero estar no campo da “ficção teológica”.

Porém, há passagens bíblicas que parecem indicar tal possibilidade. Apocalipse diz que bem-aventurados são os que agora dormem no Senhor, pois suas obras os acompanharão. Portanto, em nossa viagem rumo à glória final, carregamos uma bagagem existencial. A cada escala desta viagem, acrescentamos novos itens a ela. Quando lá chegarmos, abriremos a mala e verificaremos item por item. Roupas amarrotadas terão que ser passadas e colocadas no cabide. O que estiver no fundo da mala, de que até houvermos esquecido, será trago à tona, porém, já não nos trará qualquer tristeza, porque nos será revelado o propósito por trás dos fatos.

Comparando a um filme: a hora de partirmos deste mundo, será o momento em que a fita será rebobinada. Seremos, então, convidados a assistir numa sessão especial e privada, ao filme de nossa vida, sem cortes, sem censura, sem efeitos especiais, sem edições posteriores, digamos, a versão do supremo Diretor. Será uma experiência bem diferente daquela que envolve apenas nossa memória. Ainda que não percebamos, nossa memória costuma ser seletiva. Somos responsáveis por fazer nossas edições particulares. Conectamos imagens e fatos que não têm qualquer relação entre si, simplesmente para ver se encontramos algo que nos faça sentido e que nos dê esperança de um final feliz. Porém, naquela sessão especial, a caixa preta da nossa vida será exposta cruamente ante nossos olhos. Não para nos constranger, mas para nos colocar à par do quanto estávamos sob os cuidados carinhosos do nosso Pai Celestial. Assistiremos, por assim dizer, ao making of de nossa jornada terrena. Descobriremos, entre outras coisas, quantas vezes recebemos livramentos, sem que houvéssemos dado conta deles. Saberemos, finalmente, onde, quando e como todas as coisas cooperaram em conjunto para o nosso bem, e para a glória d’Aquele que nos amou.

Assim como atualmente, muitos filmes estão sendo relançados numa versão 3D, veremos nossa vida numa versão amplificada, envolvendo todas as dimensões da existência, bem como suas interações e implicações.

Não creio que nos esqueceremos dos fatos em si, mas das dores que eles provocaram. Deus não precisa queimar arquivos, simplesmente, porque hão há o que esconder. Tudo, finalmente, será revelado e fará sentido. O mosaico que compõe nossa existência estará completo, peça por peça. E a imagem que dele emergir será a que carregaremos por toda a eternidade. 

Não creio que nos esqueceremos dos fatos em si, mas das dores que eles provocaram. Deus não precisa queimar arquivos, simplesmente, porque hão há o que esconder. Tudo, finalmente, será revelado e fará sentido. O mosaico que compõe nossa existência estará completo, peça por peça. E a imagem que dele emergir será a que carregaremos por toda a eternidade.

4 comentários:

  1. "Descobriremos, entre outras coisas, quantas vezes recebemos livramentos, sem que houvéssemos dado conta deles. Saberemos, finalmente, onde, quando e como todas as coisas cooperaram em conjunto para o nosso bem, e para a glória d’Aquele que nos amou".

    Seria muitíssimo interessante se isso acontecesse! Imagine os livramentos que Deus nos concedeu!!!

    "Não creio que nos esqueceremos dos fatos em si, mas das dores que eles provocaram".

    Eu tb creio nisso!

    ResponderExcluir
  2. Barbosa9:20 AM

    Amado Hermes,irmão em Cristo Jesus O Santo de Nazaré.
    Oh igreja! Despertas tu que dormes.
    Mas os Verdadeiros cristãos,Santo e remidos no Sangue de Jesus,serão recompensados ver abaixo.
    Meu irmão,gostaria de comentar algo à mais,se o irmão me permitir.
    UM NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA.
    O alvo e expectativa finais da fé do NT é um novo mundo,transformado e remido,onde Cristo permanece com seu povo e a justiça reina em santa perfeição ver nos livros de Salmos 102.25,26; Isaías 65.17; 66.22; Romanos 8.19-22; Hebreus 1.12; 12.27; 2 Pedro 3.13.Para apagar os sinais do pecado,haverá a destruição da terra,das estrelas e galáxias.O céu e a terra serão abalados ver nos livros de Ageu 2.6 que diz: Porque assim diz o SENHOR DOS EXÈRCITOS: Ainda uma vez,daqui a pouco,e farei tremer os céus,e a terra,e o mar,e a terra ceca.
    - Desaparecerão como fumaça Ver no livro de Isáias 51.6.
    - As estrelas se derreterão ver no livro de Isaías 34.4.
    - os elementos serão dissolvidos ver no livro de 2 Pedro 3.7,10,12.
    - A terra renovada se tornarão a habitação dos homens e de Deus ver no livro de Apocalipse21. 2,3,10; 22.3-5.
    - Todos os remidos terão corpos semelhantes so corpo ressurreto de Jesus Cristo,corpo real,visível e tangível,porém incorruptível,poderoso e imortal ver nos livros de Romanos 8.23; I Corintios 15.51-56.A Nova Jerusalém a cidade Santa está agora no céu ver no livro de Galátas 4.26,dentro em breve,ela descerá à terra como cidade de Deus,que Abraão e todos os fiéis esperavam,da qual DEUS é o arquiteto e contrutor ver nos livros de Filipenses 3.20; Herbreus 11.10,13,16. A nova terra será sede do governo divino,e Ele habitará para sempre com o seu povo ver nos livros de Levítico 26.11,12; Jeremias 31.33; Ezequiel 37.27; Zacarias 8.8.
    LIMPARÁ TODAS NOSSAS LAGRÍMAS
    Os efeitos do pecado,tais como a tristeza,a dor,a mágoa e a morte,já se foram para sempre,porque as coisas más do primeiro céu e da primeira terra foram-se completamente.Decerto que os cristãos não lebrarão do que lhes causaram tristezas ver no livro de Isaíais 65.17 que diz: Porque eis que eu crio céus novos e nova terra;e não haverá lembranças das coisas passadas,nem mais se recordarão.
    QUEM VENCER!
    O próprio Deus declara quem herdará as bênçãos do novo céu e da nova terra;aqueles que perseverarem fielmente como vencedores em Jesus Cristo ver no livro de Apocalipse 21.2,7 que Diz: E eu,João,vi a Santa Cidade,a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu,aderaçada como uma esposa ataviada para seu marido.
    Quem vencer herdará todas as coisas,e eu serei seu DEUS,e ele será meu filho.
    Quem viveu no pecado e na iniquidade será lançado no lago do fogo.
    A Bíblia descreve um quadro terrível do destino dos perdidos ver nos livro de Romanos 2.9; Mateus 22.13;e 25.30; 2 Tessalonecenses 1.9; Mateus 13.42,50; 2 Pedro 2.4; Mateus 25.46; Marcos 9.43.
    Todos nos,teremos que comparecer no tribunal de Cristo.
    Os cristãos serão julgados as suas obras,e os incrédulos que não se arrependeram dos seus pecados,serão julgados e lançados diretamente para o lago do fogo eterno,juntamente com Satanás e seu anjos.
    Meu Amigo,vc que ainda não tem Jesus,como seu único e suficiente salvador da sua vida,alma,rende-se á Jesus agora,entregue sua vida a Ele.
    Aceite-o como seu único salvador confessando seus pecados a Ele,pois ainda há tempo! Depois será tarde demais.
    O inferno é real,e tudo que está escrito nas Escrituras irão e estão acontecendo,queira o homem ou não! Vai acontecer.
    Jesus Cristo,seja louvado para todo Sempre Amém!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:04 AM

    O que ocorre de mais interessante nesta nossa existência presente é perceber que este instante de vida terrena que experienciamos é uma 'amostra' determinante de uma vida extraordinária que vamos eternizar nossa existência sublimada. A luz que ilumina nossas ações neste horizonte terreno brilhará a nossa existência eterna, da mesma forma o véu de sombra que esfria o amor das nossas ações nos desquitará da luminosidade extra física preparada para aquecer os filhos.

    ResponderExcluir
  4. O que ocorre de mais interessante nesta nossa existência presente é perceber que este instante de vida terrena que experienciamos é uma 'amostra' determinante de uma vida extraordinária que vamos eternizar nossa existência sublimada. A luz que ilumina nossas ações neste horizonte terreno brilhará a nossa existência eterna, da mesma forma o véu de sombra que esfria o amor das nossas ações nos desquitará da luminosidade extra física preparada para aquecer os filhos.

    PAIXÃO, Edson.

    ResponderExcluir