domingo, janeiro 08, 2017

29

O bem que a Graça faz ao próprio Deus



Por Hermes C. Fernandes

Você já parou pra pensar no bem que a graça faz ao próprio Deus? Para entender isso, precisamos antes compreender o mal que nosso pecado Lhe faz. Veja o que o próprio Deus diz por intermédio de Isaías:
“...me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniquidades.” Isaías 43:24b
O pecado trouxe discórdia entre o homem e Deus, e afetou toda a criação. Para resolvê-lo, Deus teve que Se fazer um de nós, e arcar com as suas consequências. O que para nós é pura gratuidade, para Ele custou caríssimo. Portanto, não se trata de uma graça barata. Na sequência da passagem, Ele diz:
“Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro. Procura lembrar-me, entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que te possas justificar.” vv.25-26
Ao assumir nosso lugar na Cruz, Ele passou uma borracha em todos os nossos pecados. E isso, não apenas por amor a nós, mas também por amor a Si mesmo. Ele não queria ter que carregar o peso dos nossos pecados em Sua lembrança para sempre. E ele ainda nos desafia: “Procura lembrar-me...”

Em outra passagem, Ele afirma:
“Desfiz as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem. Torna-te para mim, pois eu te remi.” Isaías 44:22
Não há quem possa refazer o que Deus desfez. Os arquivos celestes foram totalmente deletados. E não há hacker que consiga recuperá-los. Não há backups! Perderam-se para sempre. E se ousarmos tocar no assunto, Ele dirá: Não sei do que você está falando!

Para Deus, perdoar é esquecer: “Pois lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados” (Jr. 31:34b). É isso que a graça faz! Apaga totalmente nosso passado, zera nossa quilometragem.

Desde o momento em que somos regenerados, os erros cometidos em nossa ignorância já não são levados em conta (At.17:30). Não interessa o quão terríveis tenham sido nossos pecados lá trás. Acabou! Já não se ouve seu eco.

Se pudéssemos puxar nossa ficha celestial, leriamos: NADA CONSTA!


Mas é aí que entra em cena o acusador de nossas almas. Ele já não nos pode acusar diante de Deus, como fazia até antes da Cruz. Porém, sabe como nos acusar perante o tribunal de nossa consciência. Sobre isso, João diz em sua epístola: “Se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas” (1 Jo.3:20).

Não importa a sentença proferida por nosso coração. Maior é Deus em cuja Palavra se diz que nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus (Rm.8:1). Prefiro crer no que diz a Palavra a crer no que diz o meu coração, sempre enganoso e incorrigível (Jr.17:9).

O problema é que Satanás tem seus mensageiros. Pessoas estrategicamente enviadas para nos relembrar o passado. Esses acham que podem curar a amnésia voluntária de Deus. Estão tentando ocupar o antigo emprego de Satanás na promotoria celeste.

Paulo teve que lidar com o tal mensageiro de Satanás, que vinha esbofeteá-lo, isto é, jogar na cara o seu passado. Depois de orar com insistência para que Deus lhe removesse aquele espinho na carne, o apóstolo ouviu dos lábios do Senhor: “A minha graça te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2 Co.12:9).

A resposta é sempre a mesma: A GRAÇA!

Não temos que recorrer a sessões de CURA INTERIOR, nem nos submeter à manipulação psicológica. Nada de REGRESSÃO! Submeter o povo de Deus a isso é o mesmo que tentar ressuscitar o velho homem. Sem contar que é um insulto ao Espírito da Graça. Um ultraje ao Sangue precioso do Cordeiro de Deus.

Infelizmente, há muitos ministérios em nossos dias que são verdadeiros ministérios de condenação. Descobriram que as pessoas são ingênuas, e quanto mais as mantiverem sob o peso da culpa, mais facilmente as manipularão. Por isso, ensinam que as pessoas precisam relembrar pecados cometidos até na infância, para que sejam perdoadas e curadas. Isto é um absurdo, e um verdadeiro crime contra o rebanho de Deus.

Somos novas criaturas! Coisas velhas já passaram, e tudo se fez novo! (2 Co.5:17). Só avançaremos à medida que deixarmos para trás as coisas que para trás ficam (Fl.3:13). Deus não tem prazer em quem retrocede (Hb. 10:38-39).

E mais:

Que história é essa de que temos que perdoar a Deus?  Deus jamais pecou! Quem precisa de perdão é quem peca.

Quem olha para trás não é apto para o reino de Deus. A graça nos convoca a focar naquilo que está diante de nós. Ela nos impulsiona para o futuro.

Relembrar o passado só nos faz distrair do alvo.

Recuse-se a dar ouvidos a quem parece querer seu bem, mas no fundo, quer mesmo seus bens.

29 comentários:

  1. Nossa muito bom este artigo, parabéns, vou estar me aperfeiçoando neste assunto.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Nossa muito bom este artigo, parabéns, vou estar me aperfeiçoando neste assunto.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Nossa muito bom este artigo, parabéns, vou estar me aperfeiçoando neste assunto.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Quando as pessoas olham para o passado em busca da redenção, elas estão dando as costas para a cruz, de onde provém nossa libertação.

    Deus abençoe e que você continue proclamando com ousadia a escandalosa graça de Deus.

    Daniel

    ResponderExcluir
  5. Hermes paz seja contigo Irmão!!!
    muito obrigado pela sua participação!
    sempre estou te acompanhando via twitter!!
    E eu que gostaria de lhe dar os parabéns pela subversão...rsrsr
    Amigo sucessos e paz !!!!!!

    ResponderExcluir
  6. belíssimo texto!

    parabéns

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada por seguir meu blog, eu uma simples e leiga, talvez um pouco até "iletrada"(rsrs...)ter bons companheiros de jornada como vc, só posso acrescentar nos meus conhecimentos seguindo o seu blog.PARABÉNS GOSTEI MUITO DOS TEXTOS, MATÉRIAS.
    Preciso realmente acrescentar boas leituras, aceitar tb conselhos e sugestões de pessoas como vc!!Seja bem vindo tb!!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi Hermes,

    pelo toque já estmaos aqui para apreciar suas meditações,

    abraços fraternos,

    Roger

    ResponderExcluir
  9. Vc me convidou para conhecer seu espaço e cá estou eu.
    Excelente post.

    Obrigado pela sua visita, seu carinho e por se tornar seguidor do meu espaço.

    Foi um prazer te receber no "Pelos Caminhos da Vida", volte sempre.

    Fim de semana de luz.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  10. Irmão Hermes,

    Graça e Paz!

    Grato pela visita ao meu blog e por se tornar seguidor do mesmo. Deus continue a vos abençoar e iluminar.

    Será um prazer seguir o seu blog também.

    Que a graça de Deus superabunde em sua vida.

    http://sylasneves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Graça e paz amado em cristo, que o amor de nosso Deus esteja em profundidade em seu coração.Hermes estou satisfeito com sua visita no blog da igreja ao gosto do freguês,estarei passando pelo seu blog que é de grande relevância espiritual.

    ResponderExcluir
  12. No livro dos Salmos, cap. 19, lemos Davi clamando ao Senhor: "Quem pode discernir os próprios erros? Absolve-me dos que desconheço! Também guarda o Teu servo dos pecados intencionais; que eles não me domintem! Então serei íntegro, inocente de grande transgressão." (Sl 19.12-13)

    Nós não vemos aqui o servo adorador pedindo a Deus para fazer nenhuma regressão, tampouco desejando perdoar o Senhor por alguma coisa (Ã?). Suas palavras soam audivelmente suplicando graça - favor e auxílio Divino - para não cometer pecados voluntariamente, e também clamando pelo perdão e pela libertação daqueles pecados que o servo de Deus deve ter cometido mas que (1) ou não reconheceu como pecado, ou (2) não se lembrava mais deles (a mente humana tem uma capacidade incrível de se esquecer do que lhe convém - ou não lhe convém - , não é mesmo?).

    Davi não fez questão de relembrar o passado que o próprio Deus já havia esquecido quando viu a sinceridade do arrependimento em seu coração, porque o homem de Deus sabia que - conforme dita a Palavra de Deus - pecados passados têm que ser esquecidos e não revividos.

    O Senhor já os lança no mais profundo mar do esquecimento onde ninguém mais poderá alcançá-los.

    Que triste história a dessas pessoas que querem mudar o que Deus estabeleceu... E que falta de sabedoria daquelas pessoas que se deixam levar por essas heresias patéticas...

    Deus nos livre e guarde.

    Bom conhecer seu blog.

    Exclente mensagem sobre a Graça.

    Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  13. Obrigado pela visita ao meu humilde blog.
    Com certeza irei seguir o seu, como já faço de costume esporadicamente ouvir o amado na Rádio Melodia.
    Deus te abençoe ricamente e nunca desista da tua carreira.

    Alisson Nascimento

    ResponderExcluir
  14. Hola hermano Hermes, gracias por tu visita al blog y tus comentarios oportunos. Te felicito por el trabajo que realizas en pro del reino de Dios.¡ADELANTE! Recibe mi palabra de bendición estaremos en contacto. exelente trabajo tu blog. Kadosh. G.A.

    ResponderExcluir
  15. "Deus é poderoso para tornar abundante em vós toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda suficiência, superabundeis em toda boa obra" II Cor. 9.8

    Graça e Paz Hermes, ótimo texto. Fiquei feliz em conhecer o seu post e estou certa de que tens fortificado na graça que há em Cristo Jesus, de forma a superabundar em toda boa obra.Que Deus continue a te usar na blogsfera.
    Um abraço fraternal.

    ResponderExcluir
  16. Ok, meu querido irmão, estarei seguindo sim seus blogs, e juntos desmascarar, estes falsos profetas, lobos em peles de ovelhas, obrigado pela visita e volte sempre que desejar.

    ResponderExcluir
  17. A Paz do Senhor, amado!

    Obg pela visita. Já o estou seguindo...
    Ah! Parabéns pelo blog, pois é um dos melhores que já vi.
    Deus, em Cristo, continue abençoando o amado irmão.

    Em Cristo Jesus,

    www.gloriosaesperanca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá, meu caro Hermes... satisfação em tê-lo no meu humilde espaço... quem dera tivesse eu sua categoria ao escrever..
    Mas, eu já sigo o seu blog há um bom tempo, ainda não tive a oportunidade de comentar por aqui, mas leio seus textos aqui, no genizah, estou sempre atento... já está na minha lista de blogs há meses... é uma satisfação!

    Quanto ao banner, assim que chegar em casa, colocarei o seu no meu blog. Sinta-se à vontade se desejar a parceria, como dissestes!

    Um abração!!

    Rodrigo Magalhães

    www.rodrigocmagalhaes.com

    ResponderExcluir
  19. Graça e paz! Obrigado pelo comentário no blog. Estarei seguindo seu blog pelo Caminho da Graça e pelo meu pessoal. Fique com Deus amado!

    Caminho da Graça em Bragança Paulista!

    Juliano Marcel
    http://www.julianomarcel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Que Deus continue a ausar-te na sua obra!! É assim mesmo!!

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Gostei bastante do teu blog
    que este conteudo possa transformar vidas pra Cristo!

    http://retratobelezafeminina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Adorei !! grande texto para um belo blog !

    Já sou seguidora.

    Abraçosss

    ResponderExcluir
  23. Querido Irmão em Cristo, Hermes! Gostaria de agradecê-lo por visitar e comentar em nosso blog, foi, para mim e para toda equipe MNG, causa de grande alegria e satisfação. Através dessa mensagem, pude perceber, mais uma vez, o infinito amor que o Senhor nutre por nós. Uma vez que, em Sua palavra, Ele afirma lançar nossos pecados no mar do esquecimento (Miqueias 7:18,19). Não somos merecedores, mas pela graça dEle nos tornamos mais do servos: amigos! Que o Senhor continue dando a você inspiração para escrever mais mensagens como essa! A paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  24. Oi Hermes!

    Conheci seu blog através de uma amiga que perguntou numa comunidade do orkut sobre a natureza da igreja reinista (e seria mais uma igreja evangélica neopentecostal). Entrei no site e vi que nao era, e de primeira gostei do que vi/li.

    A partir daí sempre que foi possível eu estava por aqui rs. Portanto essa sugestao de troca de banner é até motivo e orgulho pra mim, dada a admiraçao que venho nutrindo pelo seu blog.

    Se sem perda de tempo já estou levando o seu banner pra lá. E deixo um abraço.

    Inté!

    ResponderExcluir
  25. Graça e Paz, Bispo Hermes C. Fernandes, agradeço por estar seguindo meu blog, estrou seguindo o seu e colocarei na minha lista de blogs que recomendo, depois eu volto com mais calma para comentar as postagens, que Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
  26. Anônimo3:38 PM

    Sempre genial e singelo...Ajudando Jesus a nos curar :)

    Que Deus lhe abençoe e guarde.

    @danysussa

    ResponderExcluir
  27. simplesmente maravilhoso esse texto. Por que algumas pessoas dedicam suas vidas para anular a graça?

    ResponderExcluir
  28. Graça, tão singela e indispensável em nossa vidas.

    ResponderExcluir
  29. Paz! É isso mesmo Bispo. Imagina querer barganhar com Deus que de Graça tudo nos deu, dá e dará. Barganhar com Deus é uma ofensa para com Ele. É dizer que o sacríficio do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo não foi suficiente. É esse amor infinito, inexplicável e absurdo de Deus que nos faz dobrar os joelhos, levantar as mãos ao céu e gera gratidão no nosso coração. E a gratidão é a nossa motivação. Chega faltar palavras. Não existe uma que expresse esse amor de Deus para conosco. Qualquer palavra que eu escrever pra expressar esse amor é colocar Deus numa pacote. Não dá. É algo inexplicável. Só experimentando mesmo. Abraços, Fabio

    ResponderExcluir