sábado, setembro 12, 2009

53

Fui ao Encontro! Foi Tremendo... Engano!

O que é o G12

É preciso que, antes que entremos nos meandros desta “nova visão”, venhamos a nos deter a tarefa de refletir sobre este questionamento: o que é o G12?

Seus defensores se apressam em esclarecer que o G12 é, além de um método, uma tentativa de retorno ao cristianismo primitivo. Rejeitam a idéia de que a visão seja uma “nova doutrina” e fogem de questionamentos mais aprofundados que coloquem em dúvida os seus conceitos.

Passei a conhecer o G12 a cerca de dois anos quando fui um dos primeiros membros da minha igreja a ser convidado para o Encontro. De início, me senti muito feliz, pois notava naqueles que já haviam participado deste retiro uma mudança de comportamento visível a olho nu, mudança esta que infelizmente não se confirmou e que mais tarde ficou evidenciada como apenas um momento de empolgação, aonde as emoções vieram à tona.

O Encontro

O Encontro começou para nós com o chamado “pré-encontro”, uma série de longas palestras onde se repassavam os princípios básicos da fé cristã: O Plano de Salvação, Justificação, Santificação, etc. Até aí tudo bem, afinal nada melhor do que estudar novamente estes princípios, uma vez que muitos cristãos dos nossos dias não são íntimos de nenhum deles.

Partimos então para o retiro que aconteceu em Pojuca-BA, próximo a Salvador. É importante frisar que todo o trabalho de preparação psicológica começou com um misterioso segredo sobre onde se daria o Encontro e o que lá iria acontecer, na minha mente e creio nas dos demais participantes esperávamos mais um retiro com momentos de estudo da Palavra e também de lazer. Qual não foi a nossa surpresa, fomos recebidos com as ordens de silêncio absoluto e total obediência aos “encontristas” (irmãos que trabalharam no retiro).

Fomos levados à primeira palestra que tinha como tema “Peniel”, palavra hebraica que significa face a face com Deus. Depois de ouvirmos da importância do encontro com o Senhor, nos foi ordenado ir nos espalhar pela área do local do encontro. Fomos orientados a, individualmente, orarmos e confessarmos a Deus as nossas falhas conversando em voz audível somente a nós mesmos.

Este momento me lembrou um congresso que fiz quando ainda era católico carismático e nos dias posteriores notei que as semelhanças eram muitas.

Durante as palestras ouvíamos ao fundo a música “Tu Mirada” de Marcos Witt, música esta que seria tocada repetidamente durante todo o retiro. A música criava um ambiente propício para o que aconteceria mais tarde.

Fomos dormir muito tarde com a obrigação de acordarmos muito cedo, o silêncio continuava a imperar. É bom lembrar que esta cobrança começou a provocar em todos nós sentimentos de repulsa e revolta, sendo que algumas pessoas até chegaram a desejar voltar para casa.

No dia seguinte recomeçaram as palestras, algumas até muito boas! Porém, a partir de então surgiram as ministrações de conteúdo duvidoso: maldição hereditária, cura interior, etc.
Logo mais falarei sobre maldição hereditária, uma das maiores ênfases da visão, algo para eles imprescindível. Agora quero me referir ao momento de cura interior (muito semelhante à Renovação Carismática Católica). Depois de uma ministração, fomos orientados a nos acomodar ou sentados ou deitados e a fazermos um mergulho no nosso passado numa espécie de processo regressivo.

Nos foi dito que deveríamos pensar no encontro do espermatozóide do nosso pai com o óvulo da nossa mãe e depois lembrarmos da nossa infância e adolescência e os momentos em que ofendemos ou pecamos contra alguma pessoa e a pedirmos perdão a Deus por isto.

Só uma observação: ora, se devemos lembrar do nosso espermatozóide teremos que recorrer a uma doutrina espírita, a da pré-existência do espírito, algo que afronta a Bíblia que nos ensina que somos gerados no ventre materno em corpo, alma e espírito.

Onde está a afronta? No fato de que se lembrarmo-nos do espermatozóide, estaremos nos vendo antes mesmo de sermos formados quando o nosso espírito ainda não existia.

Depois disto deveríamos colocar num papel os nosso pecados contra Deus e seguirmos juntos para um espaço ermo e escuro onde nos reunimos em um grande círculo com uma fogueira no centro. Após este momento de “ministração” e oração, desce por um fio amarrado a uma árvore uma chama que ascende a fogueira onde jogaríamos o papel com os nossos pecados e finalmente o “diabo não teria mais do que nos acusar”. Para quem não sabe, esta é uma prática da filosofia oriental Sei-Cho-Noe em suas reuniões.

Ao voltarmos para ao local das palestras, sentido-nos “livres”, encontramos um ambiente totalmente diferente. Em vez de uma música suave e introspectiva, tocava-se “Eu Quero é Deus”. A euforia era total entre todos, nossas emoções estavam à flor da pele e comemorávamos como numa conquista de copa do mundo: pulos, abraços, risos e lágrimas de alegria. Afinal, estávamos “limpos e livres”.

No último dia as exigências já não eram tantas e assistimos a uma palestra onde nos foi passado o modelo de células do G12. Depois fomos orientados a deitarmos e a fecharmos os nossos olhos, sob pena de que, se fizéssemos o contrário, seríamos considerados desobedientes. Colocavam algo ao nosso lado e falavam até o momento em que nos foi liberado abrir os lhos. Do nosso lado se encontravam um pacote com fotos e correspondências de nossas esposas e familiares. Poucos conseguiram conter a emoção. Pronto! o encontro teria sido tremendo!!! e nada mais que isso poderia ser dito após o nosso retorno.

Confesso que não me lembro de todos os detalhes e preferi não expor outras coisas que considero de menos importância.

Nota-se claramente o forte apelo emocional do encontro, desde a sua preparação, o seu segredo, a sua chegada com o forte sentimento de opressão que viria mais tarde a contrastar com a sensação de liberdade.

Tudo preparado nos mínimos detalhes para uma manipulação emocional e psicológica que viria a parecer algo espiritual, impressão que muitos têm e por isso eles fazem declarações emocionadas, tipo: “finalmente conheci a Jesus”, “agora eu realmente me converti”.

A música, o ambiente cheio de recomendações de silêncio, as palestras emotivas, o momento da cruz (ficávamos de braços abertos, olhos fechados, e visualizando a crucificação de Cristo), o correio e no meio disto tudo, o ensino de um método que parece a única solução para a igreja, o único viável, bíblico e cristão.

Maldição Hereditária

Os defensores desta “doutrina” que não é nova, pois surgiu e foi abominada nos Estados Unidos há muito tempo, se baseiam em alguns textos isolados do Antigo Testamento.

Aprendi muito cedo em minha vida cristã que “texto fora do contexto é pretexto para heresia” e por isso me detive a estudar sobre a viabilidade da hereditariedade da maldição.

Em primeiro lugar devemos nos deter a conceituar corretamente maldição. Nos povos do A.T. a maldição era vista como um agouro, uma praga geralmente usada por pessoas de menor posição social como defesa ou revide contra pessoas mais poderosas econômica ou politicamente.

Muitos hoje vêm maldição como uma entidade de vida própria capaz de se retransmitir de uma para outra geração como um ser poderoso que aprisiona e determina a vida de quem a recebe.

Dentro do contexto bíblico a definição que me parece mais viável é a que li num dicionário teológico: “A maldição é a sansão da Lei Divina”. Portanto, a maldição surge como a sentença ou punição para quem infringe algum aspecto da Lei.

O texto de Êxodo 20:5 diz o seguinte

“Não te encurvarás a elas nem as servirás; pois eu, o Senhor sou Deus zeloso, que visito a maldição dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam”. Êxodo 20.5

Fiz questão de sublinhar a frase acima, pois dá ênfase à sobre quem recai a maldição. O texto se refere ao pecado da idolatria e aqueles que deixam de adorar o Deus verdadeiro para se curvarem diante de imagens. Não vejo como enquadrar esta punição a um cristão, pois não consigo compreender a existência de um cristão que odeie ao Senhor e que, sendo cristão verdadeiro, se curve diante de ídolos.

Quero deixar bem claro que não questiono a existência de maldição sobre os ímpios (PV 3:33), a própria condição de ímpio é por si só maldita. Porém, para se conceber a existência da maldição sobre os crentes é preciso má fé e um espírito que deve ser provado como manda a Bíblia.

A Palavra de Deus enfatiza a responsabilidade individual. O texto completo de Ezequiel 18 mostra esta realidade com clareza. A história de um pai justo que gera um filho injusto com práticas equivalentes a feitiçaria, idolatria e adultério, mas que gera um filho justo que por sua decisão própria pelo caminho correto não sofre as conseqüências dos pecados do pai.

Frise-se o versículo 20 de Ezequiel 18:

“A alma que pecar, essa morrerá. O filho não levará a maldade do pai, nem o pai a maldade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele, e a impiedade do ímpio cairá sobre ele”
. Ezequiel 18.20

Sabendo que a maldição resulta de uma infração a Lei de Deus e que somos falíveis, como nos livramos dela? O texto de Gálatas 3:13 responde

“Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, pois está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”
. Gálatas 3.13

Entregando-me a Jesus sou absolvido das sanções da Lei, nenhuma condenação há para mim (Rm 8:1).

O próprio Senhor Jesus tratou de desfazer este pensamento no meio dos seus discípulos, basta ler com atenção ao relato de João 9: 1-3 e se chegará a este entendimento.

A Realidade Atual

A prática de “quebra de maldição” é apenas mais uma das práticas místicas do G12, aliás o misticismo é algo muito presente nas igrejas da “Visão” e surge como fórmula para os líderes manterem a submissão dos seus rebanhos. Pude comprovar isto na igreja da qual fiz parte quando algumas irmãs foram orientadas a colocarem fitas adesivas na boca como “ato profético” contra a maledicência. Em outra igreja da nossa região, irmãos e irmãs rasparam a cabeça como forma de “batalha espiritual” contra aqueles que fazem o mesmo em centros do baixo espiritismo.

Há um visível sectarismo nestas denominações onde aqueles que não aceitam o G12 são quase que enxotados para fora, como foi o meu caso. Meu antigo pastor disse-me que seria mais sincero que eu saísse da igreja do que continuar nela sem aceitar a visão.

Afora isto tudo, há o ensino do perdão a Deus. Mesmo que em muitos livros, os líderes da visão tenham se apressado em cobrir esta orientação com líquido corretivo, este ensino continua a ser proferido. Tive um dos momentos de maior tristeza quando depois de um dos últimos encontros, uma irmã subiu ao púlpito para testemunhar as “bênçãos” recebidas e disse que a principal delas foi o fato de ter “aprendido a perdoar a Deus”.

Como um Deus soberano e infalível pode precisar do perdão de pecadores? A justificativa dada por eles para este ensino é a de que muitas pessoas não aceitam a perda de entes queridos e ficam magoadas com o Senhor.

Ora, não seria o mais certo ensinar a estas pessoas sobre a necessidade de se reconhecer a soberania de Deus em vez de se criar um doutrina baseada em experiência particulares? Afinal,

“Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa”. Nm 23:19

As igrejas têm se divido, irmãos e até famílias têm sido separadas. Difícil imaginar algo que venha do Pai e promova separação, se o ensino de Jesus sempre foi o da unidade.

Os que defendem o G12 apregoam que este método faz a igreja crescer, mas é necessário lembrar que uma igreja não deve crescer apenas numericamente pois o verdadeiro crescimento requer compromisso com a Palavra, vida de santidade, tudo baseado no Evangelho.

O crescimento numérico de uma igreja não deve ser o referencial para dizermos se ela é genuinamente evangélica, pois se assim o fosse teríamos que reconhecer os mórmons, as testemunhas de Jeová, o catolicismo, a renovação carismática católica e outras seitas como movimentos evangélicos.

Para Pensar

Por que muitos homens experientes caíram? Não sei exatamente a resposta, porém o que salta aos olhos é que aqueles que tinham a presunção, a má ambição e o desejo de serem conhecidos como “grandes líderes” foram presas fáceis para esta armadilha.

Soa muito bem aos ouvidos de certos líderes o reconhecimento humano expressado em títulos como “pastor de multidões”, “apóstolo de grandes igrejas”, etc.

Pode-se dizer que estes líderes são até bem intencionados na falsa tese de que “os fins justificam os meios”. Porém, como dizem por aí: “de bem intencionados, o inferno está cheio”.

Para um cristão verdadeiro um objetivo só é justo se os meios para atingi-lo forem justos e transparentes. Não me parece correto prometer um avivamento e promover manipulação emocional e psicológica, prometer um “Encontro com Deus” e entregar um encontro com Freud.

Em nenhum momento me contraponho ao método bíblico (Atos dos Apóstolos 20:20) de igreja em células, algo que surgiu na Coréia e que se comprova na prática um excelente método de crescimento sadio da igreja. Mas é bom frisar que este modelo surgido primeiramente na Ásia nada pouco tem haver com o G12, um conjunto de falsas doutrinas adicionadas a uma série de artimanhas manipuladoras, numa perigosíssima mistura escondida por trás de um belo método.

O grande perigo das heresias não são as suas mentiras, mas as suas verdades. Primeiro se conta uma verdade, outra verdade e, depois que você é envolvido por estas “verdades”, surgem sorrateiramente as mentiras.

Façamos como os crentes de Beréia, que foram chamados de mais nobres porque tinham o zelo de consultar nas Escrituras se aquilo que lhes era passado era verdadeiro (Atos 17:10-11).

Gostaria de encerrar provocando algumas reflexões:

Que evangelho é este que prioriza os programas em detrimento das vidas?
Que evangelho é este que incentiva a competitividade entre os membros que almejam ser um dos “doze” do líder?
Que evangelho é este que se baseia em textos isolados e incentiva a crença na teologia da prosperidade?
Que evangelho é este que nega a cruz e lança maldição sobre os salvos?
Que evangelho é este que manipula emocional e mentalmente as pessoas?
Que evangelho é este que confunde avivamento com gritaria?
Que evangelho é este que faz um retorno claro às bases legalistas do judaísmo?
Que evangelho é este que faz uso de práticas ocultistas e de ritualismos?
Que evangelho é este que fala em santidade e oculta as suas verdadeiras intenções, prometendo o espiritual e dando o meramente emocional?
Que evangelho é este que em vez de unidade promove separação?
A resposta para estes questionamentos se encontra em Gálatas 1:8

“Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos anunciamos, seja anátema”. Gálatas 1.8


Autor: Clériston andrade


Ao publicar este texto, tento dar respostas às perguntas que me têm sido feitas sobre o movimento G12. Por jamais ter deixado o que Deus me deu por este prato de lentilha, prefiro deixar que fale quem já passou pela experiência. Assino em baixo praticamente tudo o que foi dito pelo autor. Trata-se, de fato, de pura lavagem cerebral. Triste é ver quem um dia experimentou a genuína graça cair nesse engano e levar outros consigo.
E o que digo, assino embaixo:

Hermes C. Fernandes (e este é o meu nome de batismo! não uso pseudônimo)

Se alguém for comentar contra o que foi dito, favor deixar seu nome. É mais honroso e demonstra caráter.

53 comentários:

  1. Belo texto!
    Acabei de publicar em meu blog.
    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui a um encontro no inicio de minha conversão, não me adaptei ao modelo de evangelismo da Igreja, quase me desviei, mas não desviei, fiquei um peixe fora dágua por um tempo na Igreja porque não fazia parte do grupo dos 12, mas o modelo g12 não deu certo na minha igreja para aqueles que aderiram, a igreja voltou ao normal, mas acabou sendo dividia por uns membros pouco depois e hoje não existe mais. Congrego em outra igreja hoje para a honra e glória de nosso Senhor Jesus Cristo.

      Excluir
  2. Muito obrigado pelo comentário, companheiro de subversão na causa do Reino.
    Foi um dos melhores textos que encontrei na web sobre o G12.
    A propósito, seu blog está muito interessante. Estou sempre por lá.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Jônatas Rocha2:16 PM

    Infelizmente, existem pessoas que se deixam iludir por números.

    Onde o fim justifica os meios.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo3:07 PM

    Parabens pela postagem.
    Texto riquissimo!!
    Mas o que me causa tristeza é dizer aqui que conheco pessoas que se perderam no G12.
    E quando eu tentei conversar e expor as verdades bíblicas acerca do assunto, fui chamada de radical.
    Tive que ouvir isso..... é mole!

    Mas é assim mesmo...

    Ainda bem que Jesus Cristo brevemente virá arrebatar a sua Igreja. Maranata!!!

    No amor de Cristo,

    Fabiane Couto

    ResponderExcluir
  5. Jônatas Rocha7:05 PM

    "Ainda bem que Jesus Cristo brevemente virá arrebatar a sua Igreja".

    Este é um belo tema para debate.

    ResponderExcluir
  6. Sr. Hermes. estou lendo muitas coisas em seu blog, no blog da sua igreja. desde as 3da madrugada (ja sao 6) nestes dias em que atravesso a maior crise financeira da minha vida juntamente com meu filho Rafael, encontrei consolo, refrigerio, e, esperança. Nao sei se o sr. poderia interceder por nós junto ao Sr. Deus Poderoso. Se possivel for, suplique por mim e meu filho, peça pra ele para nos achar, e, nos perdoar.
    obrigado

    ResponderExcluir
  7. Caro Luiz Clédio, louvo a Deus pela oportunidade de ser instrumento de Sua graça e amor através deste blog.
    Que Deus possa lhe ajudar sobremaneira a vencer esta crise financeira. Conte com minha oração.

    ResponderExcluir
  8. O último comentário que recebi sobre este post, preferi não publicar, pois destila ódio, rancor e outros sentimentos que não condizem com quem teve um encontro com Deus, seja em Betel ou Peniel.
    Quando Jacó se encontrou com Deus em Peniel, a primeira coisa que fez foi sair ao encontro do irmão que havia traído para pedir-lhe perdão.
    Não é o que temos visto por aí.
    Em vez disso, preferem atacar, magoar, humilhar, e às vezes sob o manto do anonimato ou usando pseudônimos. Não vou me defender das acusações, mas apenas entregar nas mãos de quem julga retamente.

    ResponderExcluir
  9. Agora me dirijo a você que enviou tal postagem insana:

    Por que assina com um nome fictício, em vez do seu?

    Saiba que com um programinha de computador, a gente descobre de onde partiu o comentário.

    Seja a mão de Deus sobre ti, para que aprendas a agir como homem honrado, que não usa o nome de Deus em vão.

    Que Deus tenha misericórdia de tua alma.

    ResponderExcluir
  10. OLÁ FERNANDES, QUE CURRICULUM HEIN?
    GLÓRIA A DEUS POR ISSO, SINAL QUE SUA VIDA É PARA GLORIFICAR O NOME DE DEUS EM TUDO O QUE FAZ.
    ADOREI ESTE TEXTO SOBRE EVANGELIZAÇÃO, E SE VOCÊ NÃO IMPORTAR VOU POSTAR NO MEU BLOG DE MENSAGENS LINDAS E EDIFICANTES, E CLARO COLOCAREI O SEU LINK. FIQUE NA PAZ, JÁ SOU SUA SEGUIDORA!

    ResponderExcluir
  11. A Paz do Senhor Bispo Hermes.

    Não imagina com que alegria recebi seu comentário em meu simples Blog(que é feito todo para Glória de Deus)
    Já havia lido seu Blog, que é sempre uma aula, e por ser sua admiradora, me alagrei muito com sua ilustre visita.
    Obrigado.
    E quanto a matéria:
    Não tem idéia o que já passei com esse G12, tenho motivos de sobra para ter, se não fosse Cristo em minha vida, ódio profundo desta seita. Quase me jogou no chão,passei por muitas aflições em minha vida,muitas mesmo, porém nada me abalou tanto como essa SEITA chamada de G12.Pois me atingiu através de meu filho, que entrou nessa seita( que também achava que era Igreja)e eu achava que era uma benção, quando fui percebendo as mudanças que fizeram na mente de meu filho, meu filho se voltou contra mim, e meu coração quase que foi arrancado do peito, até hoje me emociono ao falar sobre isto( mais Glórias a Deus não preciso de cura interior, sou apenas um ser humano normal), mais o Senhor Jesus esta colocando tudo no lugar, eu e meu filho já estamos bem, porém ele ainda continua lá na seita do Rene terra nova, mais como Deus é Fiel eu aguardo minha vitória.
    Louvo a Deus por tua vida ,nunca vi uma matéria tão esclarecedora, muito obrigado.
    Desculpe o tamanho do desabafo.
    Parabéns por seu abençoado Blog.
    Deus o abençoe

    ResponderExcluir
  12. Parabéns por não se intimidar com esses "irmãos" que transformam o Evangelho de Cristo numa coisa fantasiosa e de tanto mistério.Acho que Jesus fez tanta questão de deixar claro a sua mensagem,usou métodos simples e comuns que o povo conhecia.Não entendo o porquê desses encontros secretos.

    ResponderExcluir
  13. Se todo o mal da visão celular fosse apenas o Encontro estaria ótimo porque a vantagem do emocionalismo é que ele não produz frutos e acaba tão rápido como veio.
    O dano é bem maior e a coisa fica cada vez pior quando as outras "etapas" vão surgindo.
    Eu me livrei dessa, graças a Deus!

    ResponderExcluir
  14. Rochelane Batista Marques7:48 PM

    Eu quero primeiramente pedir perdão em nome de todos os irmãos adeptos da visão celular. Quero deixar claro também que a experiência descrita pelo senhor não é uniforme e não acontece dessa maneira em todas as igrejas da visão celular. Há uma certa padronização no encontro, mas os líderes permitem uma flexibilidade quanto a forma como o encontro é dirigido pela equipe ou igreja que está diretamente envolvida. O Encontro Tremendo varia em alguns aspectos a depender de quem o lidera. Por causa dessa flexibilidade, muitos líderes fazem interpretações inadequadas e até mesmo extremadas das ministrações e das recomendações que devem ser dadas às pessoas que estão sendo ministradas.Onde congrego, por exemplo, não há regressão a ponto de imaginarmos o espermatozóide e o óvulo de nossos pais unidos;as pessoas são inscritas sabendo exatamente para onde estão indo e seus familiares também tem ciência disso. Todas as solicitações tem seus objetivos devidamente esclarecidos. Procuramos agir pelo convencimento e não pela opressão.
    Sei que isso não ocorre em todas as igrejas, por isso acho que não devemos generalizar as qualidades nem os defeitos. A visão também é constituída por homens e como tal, são falhos.
    Muito obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo1:02 PM

    Estou sendo pressionada a assumir uma celula, a ser uma 12. Mas eu ñ quero, ñ sei aconselhar ninguém.Eu é que preciso de conselhos. Se eu assumir uma celula e essa ñ frutificar, vão me julgar, dizer que estou em pecado.

    ResponderExcluir
  16. Anônimo1:27 AM

    Olá, a Paz do Senhor Jesus!
    Olha fui de uma igreja da 'visão' e os relatos ditos por você é a pura verdade. Sai de lá por não me adaptar ao sistema. Hoje estou feliz em uma outra denominação que preza pelo ensino da PALAVRA.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo12:31 AM

    Desculpe ser breve e objetivo...
    O que vi após o texto descrito foi uma certa frustação do autor, não sei qual o real motivo (Talvês uma conquista de posição no G12 sei lá...) Mas já fiz ENCONTRO, REENCONTRO, ENCONTRO DE CASAIS e RESGATÃO... E não é por ai como o IRMÃO está dizendo não. 40% do que foi descrito não é como se refere... Sou convertido desde 1999e Jesus Cristo tem cuidado de mim poderosamente e falado comigo constantemente... E sou membro de uma igreja que adotou a estratégia (Visão) do G12.

    Sem mais,
    Fabiano Ferreira
    A Paz de Cristo seja com todos.

    ResponderExcluir
  18. Não concordo com oque você falou. Tive um transformação de vida no meu encontro, e estou firme na Rocha até hoje. Só não entendo, se vc sentiu algo no encontro porque é contra?
    Abraços, fica na Paz!

    ResponderExcluir
  19. Anônimo4:42 PM

    boa tarde,

    fui a um encontro desse, no momento em que estava perdendo tudo em minha vida.
    nesse encontro, me deram uma biblia, e conheci o meu problema de 3 formas diferentes lendo a biblia.
    estava muito só em minha vida, e tive um esbarrão com Jesus naquele encontro.
    Com o passar do tempo, percebi que eu ja conhecia Jesus, só não vivia de acordo.
    Com o passar do tempo também percebi como as pessoas "ovelhas" estavam sendo devoradas, e resolvi buscar conhecimento na biblia.
    Orei a Deus para que guiasse, e em tempo record para um ser humano normal, conheci toda a palavra de Deus, digamos que 2 meses.
    Impossivel? Deus pode tudo.
    Antes de tudo isso o Espirito santo me disse, prepare um papel e uma caneta e deixe do lado antes de dormir.
    Pensei comigo mesmo "Isso é coisa de Espiritismo"
    Mas enfim, deixei o papel e o caderno do lado.
    Poucos dias depois comecei a ter sonhos, acordava e anotava as coisas.
    Depois por um tempo não conseguia dormir mais, ficava 5 das 8 horas que tinha pra dormir, anotando versículos contraditórios ao ensinado pela igreja.
    Comecei a pesquisar e graças a internet que Deus inspirou o homem a criar, comecei a enterder certos pontos de tudo que todas as igrejas e religiões pregam.
    Descobri que está tudo errado, porém ainda permaneço na igreja desse encontro.
    Mes passado pessoas brigaram comigo e disseram que o que eu falo não faz sentido, que é coisa do diabo.
    bom o diabo eu conheço pois já até apanhei pregando o nome de Jesus Cristo.
    Sabia que era o diabo e não discuti muito.
    Deus deu a permissão para essa cegueira espirutal de hoje em dia, assim como cegou os farizeus para que não tentassem impedir a cruz.

    mas fico feliz por achar vocês, que eu não sou louco, e que estou no caminho certo.

    abraço e paz

    ResponderExcluir
  20. Anônimo5:01 PM

    prova do fogo.
    se não se contentar com algum item abaixo, passe para o outro, mas todos não deve ser seguidos.

    1-cobra o dízimo?
    2-cobra aumento da celula?
    3-diz para ofertar casa,carro,etc?
    4-fala de herança hereditária?
    5-pede milagre e provas que Deus existe?
    6-clama pelo fogo, para descer o fogo?
    7-assopra as pessoas, ou retira a mao rapidamente da cabeca das pessoas igual pai de santo?
    8-ora por bencaos proprias ou pela bencao das pessoas que realmente precisam?
    9-quem fica no "palanque" tem carro do ano, tv lcd, cassa com conforto acima dos membros?
    10-quem fica no "palanque" serve os "discipulos" ou vira as costas e vai embora?
    11-tem alguem chamado de apostolo?
    12-tem alguem chamado de pastor?
    13-tem alguem chamado de missionario que não faz missoes?

    eu tenho uma idéia de entrar em uma igreja qualquer dia desses e dizer:

    "Pastor, pastor, eu estou sentindo um desejo de oferta, essa oferta é um carro pastor, eu não tenho dúvida, é deus falando comigo, você esta sentindo a mesma coisa pastor?"

    claro que ele vai falar que está, pois é falso, se nao falar, digo ainda que estou sentindo a presensa de algo poderoso que vai fazer coisas poderosas naquela igreja.

    Ai quando ele falar que sim, eu digo.

    "Ah pastor, eu sabia que você sentiu a mesma coisa, Deus pediu para você vender seu carro e dar aos pobres, assim como Jesus disse, e olha como Deus é bom, deixou você ficar em sua casa por 1 mês, até que arrume um lugar para morar pois Ele quer que você doe a casa também".

    Isso revolucionaria a igreja, só não sei se isso iria contra a vontade do Deus vivo.

    mas coragem eu tenho.

    ResponderExcluir
  21. Apenas acredito que todas estas pessoas têm opiniões equivocadas sobre o G12. Eu li este arquivo antes de estar COLADO neste blog. Hermes, pra uma pessoa com tanto conteúdo como você ir contra o G12 é uma tremenda surpresa, mas a bíblia diz que a letra mata não é?! O que dizer então das igrejas tradicionais que se escondem atrás do tradicionalismo e parecem mais clubes de irmãos do que um grupo missionário que todos os dias semanas e meses procura os perdidos através desta maravilhosa ESTRATÉGIA para se converterem e serem libertos pelo poder do Deus vivo. Apenas penso que ser cristão é seguir e prosseguir no conhecimento do Senhor e fazer discípulos, não era assim que procediam os apóstolos de Jesus ou ninguém neste absurdo post leu o livro de Atos?

    Deixo aqui a minha queixa!

    ResponderExcluir
  22. QUE DEUS CONTINUE TE ABENCOANDO NO SEU ERRO E NO SEU ACERTO, ESSE É O DESEJO DO MEU CORACAO, MAS SINCERAMENTE NÃO ACREDITO QUE TODO O ESCRITO ACRESCENTARÁ UMA VIRGULA NO REINO DE DEUS. AFINAL DE CONTAS QUEM SUBIU AO CEU? QUEM DESCEU AO ABISMO? FOI CRISTO! ENTAO DEIXE QUE ELE JULGUE, E QUANTO A NÓS NOS PREOCUPEMO-NOS EM ESTABELECER ESTE REINO SEJA CATOLICO, PRESBITERIANO, BATISTA... POR FIM O CORPO DE CRISTO, A IGREJA E FORMADA POR PESSOAS QUE NASCERAM DE NOVO, OU SEJA, EX-CATOLICO, EX-PRESBITERIANO, EX-BATISTA. SE TORNARAM CRENTES NO SENHOR JESUS E DEVERIAM HOJE ESTAR UNIDA POR ESSE POR MENOR, O ALVO NAO E O G12, O ALVO E JESUS, E NELE QUE DEVE ESTAR O NOSSO CORACAO.

    QUE DEUS TE ABENCOE FIQUE EM PAZ.

    MIN. RENATO C. V. DE ANDRADE

    ResponderExcluir
  23. Oi! Graça e paz a todos!

    Meu nome é Felipe. Sou pastor de uma pequena congregação Batista no subúrbio do Rio de Janeiro.

    Estamos começando a caminhar na visão da igreja em células. E louvo a Deus pelo texto que acabei de ler.

    Isso porque, infelizmente, muitas pessoas confundem o movimento do G12 com a visão da igreja em células que nasceu na Koréia, como bem afirmou nosso articulista, e que foi desenvolvida pelo pr. Ralph Neighbour Jr.

    Nosso irmão que escreveu tão pertinente e esclarecedor texto foi feliz em fazer tal distinção. Na verdade o G12 é uma completa distorçõa da visão original da igreja em células, que diferente de sua sósia impostora, é uma forma bíblica de vivermos igrejas saudáveis, o que não nos torna a única igreja bíblica, verdadeira ou algo dessa natureza.

    Fico mais confortado e encorajado a permanecer caminhando na direção que creio ter sido dado por Deus.

    Muito obrigado por este bálsamo. Um forte abraço.

    Juntos pela causa do Mestre...

    ResponderExcluir
  24. Tô me sentindo com cara de bobo após ler as linhas acima. Meu Deus! Como pode? Chego a ficar com raiva quando me lembro de toda aquela papagaiada no encontro. Mas gaças ao Meu Deus, o meu verdadeiro encontro se efetivou em meu quarto. Bem que eu achei esse negócio de pegar qualquer criatura desnorteada e colocar pra liderar uma célula não tava certo. A propósito, dos quase 90 que participaram do encontro que eu fui, muitos já perderam o encantamento e estão se lambuzando no vômito. Quer sinal melhor? G12, TÔ FORA!

    ResponderExcluir
  25. A Paz irmão!
    Belo e esclarecedor texto, concordo e assino em baixo,3 pessoas da minha familia participaram dessa palhaçada e nenhuma delas se manteve na igreja da visão,e em nenhuma outra devido as heresias acabaram achando que todos são iguais, apesar de termos muito a refletir hoje ,não é só a visão g12 que está corrompendo o evangelho...
    Mas, de qualquer forma não há maneira melhor de explicar que é uma doutrina de homens e uma farsa...
    Deus o abençoe e aos seus!
    Graça e Paz!!

    ResponderExcluir
  26. A Paz irmão,eu hoje leio este texto aos prantos,pois saí de uma igreja onde tudo isso acontecia,eu que era católica,nem sabia o que era G12,achei que todas as igrejas eram assim,fui lesada principalmente pelo abuso de autoridade de líderes que me impediam de ser eu mesma,a gota d'água prá mim foi em tempos de crise como este em que vivemos ,eu uma mera dona de casa de 33 anos,que se casou com 17 grávida,que nunca havia trabalhado na vida consegui um emprego com carteira assinada bem próximo a minha casa e o pastor orientou meu esposo a não me deixar ir,isso acabou comigo,a falta de apoio do meu esposo,e meu casamento está destruído,eles proibem até as crianças de jogarem bola com os amiguinhos da escola,meu filho de 12 anos que se machucou na escola ouviu do pastor que isso era porque ele estva jogando bola com ímpios......eu estou traumatizada com igrejas!Blog maravilhoso e esclarecedor!Deus o abençõe!

    ResponderExcluir
  27. Anônimo4:25 AM

    Nunca fui a uma igreja que usa o G12.

    Só achei estranho vc dizer que foi da Carismática, depois foi pra Maranata.

    Escolhe a igreja que vai frequentar de acordo com um cardápio ??

    Lester, 11/01/2011

    ResponderExcluir
  28. As pessoas que estão reclamando do artigo do Hermes..

    Vocês lerão mesmo o texto?

    Ou só viram o título,e como era contrário a "visão",trataram de exculachar...Leiam o texto e digam o que discordam com base na Bíblia!!!

    Olha como baseiam seus argumentos:

    "Não concordo com oque você falou. Tive um transformação de vida no meu encontro, e estou firme na Rocha até hoje. "

    Caro amigo,eu posso transformar minha vida e ficar firme com qualquer imundíce que eu encontrar no mundo,basta saber se estarei transformando minha vida embasado na palavra de Deus.

    Outro que quero resposta:

    "Mas já fiz ENCONTRO, REENCONTRO, ENCONTRO DE CASAIS e RESGATÃO... E não é por ai como o IRMÃO está dizendo não. 40% do que foi descrito não é como se refere..."

    Sim,me explique qual é o erro nos 40% que você referiu,e explique fundamentado,não apenas dizendo que está errado,ou que você TRANSFORMOU sua vida após um ENCONTRO COM DEUS,porque estamos cansados de saber que experiências pessoais não sobrepõe a verdade que liberta da palavra de Deus.

    Destaco mais uma vez:



    Que evangelho é este que incentiva a competitividade entre os membros que almejam ser um dos “doze” do líder?







    Que evangelho é este que confunde avivamento com gritaria?

    Já passei por uma igreja assim,e olha que pensei que não estava 'sensível' a presença do Senhor.Na verdade,acho que o que ví ali foi só gritaria e sopros,empurrões descarados...







    Que evangelho é este que fala em santidade e oculta as suas verdadeiras intenções, prometendo o espiritual e dando o meramente emocional?



    Que evangelho é essse?

    ResponderExcluir
  29. Anônimo10:01 AM

    quem lembra de quando os dicipulos discutiam entre si 'eu sou de paulo outros eu sou de pedro ou eu sou de joão e paulo dice q na verdade somos todos de 'jesus' eu não entendo pq isso.o diabo esta ai e ele não perde tenpo lutando entre si não o rino dividido não esistira

    ResponderExcluir
  30. Anônimo10:04 AM

    discupa eu postar com anonimo mais pra escla ricimento meu nome e carlos andré

    ResponderExcluir
  31. Anônimo7:29 PM

    Fui ao encontro ha 8 anos,me converti realmente desde então,até hoje sou cristã com fervura,convivo com pessoas do G12,mas eu não consigo enchergar tudo isso não.Já sei... tô cega!

    ResponderExcluir
  32. vanda david10:38 PM

    Vanda David :- A Graça e paz do Senhor Jesus Cristo esteja contigo irmão hermes, também tive problemas com essa visão G12,pertenci a um ministerio pentecostal desde a minha conversão a Cristo durante quase 13 anos, qdo chegou o G12, esse encontro relatado neste texto, identico a que fui, 1º a palavra de Deus diz que onde há o espirito de Deus há liberdade e é o que primeiro é tirado lá; a liberdade de expressão (não se pode conversar a não ser com os lideres) e depois queimando os pecados na fogueira, anulando o sacrifício de Jesus na cruz para cancelar os nosso pecados; tudo muito triste, fui para outro ministerio a 1 ano, e agora está chegando a visão MDA por aqui, me parece uma copia fiel do G12,só sangue de Jesus mesmo, vou buscar nele para saber o que fazer, uma coisa eu sei não quero isso para de novo, ore por mim irmão, para que Deus me dê uma luz

    Deus lhe abençoe

    ResponderExcluir
  33. Anônimo9:39 AM

    PAZ A TODOS MEU NOME E SUZANE FRAGA
    DEPOIS DE CINCO ANOS EU SAI DA VISAO G12 EU ERA ATIVA FIZ CURSO DE LIDERANCA ,TRABALHAVA NOS ENCONTROS EU FUI INCENTIVADA A DEIXAR DE LADO O DOM QUE DEUS ME DEU DE LOUVAR PARA SER UMA" LIDER DE CELULA" E FOI O QUE FIZ DESPREZEI O MEU DOM PARA FAZER ISSO, SENDO QUE POR MAIS QUE ESTIVESSE TRABALHANDO NESTA IGREJA( VISAO) EU SEMPRE TINHA UM TRISTEZA POR TER DEIXADO ENFIM ... ISO FOI CRESCENDO COMO UMA BOLA DE NEVE O MEU MARIDO NAO SE ADPATOU NESSA VISAO E DURANTE ESSES 5 ANOS NUNCA VI NINGUEM SE INTERESSAR PELA VIDA DELE IR ATRAZ VISITAR SOMOS HUMILDES NAO TEMOS CARRO E NEM UMA RICA CASA EU SOU EMPREGADA DOMESTICA E ELE E FRENTISTA MAS SOMOS FELIZES COM O QUE DEUS NOS DEU E A CADA DIA LUTAMOS PELO NOSSO FUTURO TRABALHANDO E ESTUDANDO ENFIM FUI LIDER DE CELULA A MINHA CELULA ERA DE MULHERES FUI 12 DIRETA DA PASTORA DA IGREJA OU SEJA GERACAO 1, MAS COMECEI A QUESTIONAR QUANDO COMECEI A VER QUE PESSOAS COM A VIDA ERRADA PAI NEGLIGENTE QUE DEIXA E DAR A PENSAO DOS FILHOS PARA PAGAR ENCONTRO PARA OUTRO SENDO LEVANTADO A LIDER E COLOCANDO A MAO NA CABECA DOS OUTROS , EU FUI TESTEMUNHA DE ALGUEM QUE NAO ERA CASADO VIVIA MARITALMENTE RECEBER OLEO NAS SUAS MAOS PARA UNGIR OS OUTROS ( DETALHE ) ESTE DOOU O SU CARRO PARA A IGREJA) E OUTRAS COISITAS MAIS. INFELIZMENTE NAO VI NESTE LUGAR O AMOR PELAS ALMAS MEU MARIDO FICOU LARGADO NOS MORAMOS NA FRENTE DA CASA DO PASTOR DA IGREJA CERTA VEZ FICAMOS 1MES SEM IR NA IGREJA E NAO HOUVE NEM UMA LIGACAO MUITO MENOS UMA VISITA E OLHA QUE ERA SOMENTE 100 METROS DE DISTANCIA OU SEJA NAO FALTEI AOS CULTOS DE PROPOSITO OU POR BIRRA FOI POR DIFICULDADES MESMO DAI COMECEI A VER QUE O AMOR PELAS ALMA NAO EXISTE AMADOS EU ERA MUITO ATIVA NA IGREJA DAVA O MEU SANGUE PARA FAZER O MELHOR NAO ME ARREPENDO POIS FAZIA DE CORAÇAO PARA DEUS MAS HJ VEJO QUE VERDADEIRMENTE O AMOR ESTA ESCASSO TEM 2 MESES QUE SAIMOS DESSE LUGAR E ATE AGORA NINGUEM VEIO FALAR NADA COM AGENTE NEM PERGUNTAR NEM DIZER QUE SENTIRAM A NOSSA FALTA NADA!!! QUANDO FUI FALAR COM A PA PASTORA DA IGREJA FU RECEBIDA NA RUA FALEI RAPIDAMENTE QUE ESTAVA VISITANDO OUTRO MINISTERIO ENFIM PARA FECHAR COM CHAVE DE OURO FUI CHAMADA DE PARASITA PORQUE NAO CONTINUEI NA VISAO FIKEI TRISTE CHOREI.
    POR TODOS ESSES ANOS QUE SERVI COM O MEU MELHOR NAUM TIVE NEM O RESPEITO DOS MEUS COLEGAS DE EQUIPE E TRISTE..CADE O AMOR ?
    HJ ESTAMOS BEM SENDO TRATADOS MEU MARIDO ESTA BEM, FIRME COM JESUS APESAR QUE FIRME NA FE ELE SEMPRE ESTEVE POIS SEMPRE ESTEVE AO MEU LADO MESMO NAO SE ENVOLVENDO E ELE FOI TESTEMUNHA DISSO TUDO.
    POR ISSO TAMBEM EU ABRI MAO DE TODO TITULO , STATUS PARA ESTAR EM FAMILIA SERVINDO A DEUS COM ELE FAZENDO AKILO PARA QUE FOMOS CHAMADOS LOUVAR A
    DEUS .

    ResponderExcluir
  34. Anônimo8:53 PM

    Olá, meu nome é Daniel Santos, leio esse post em 18/10/2012.
    Ótima matéria, elucidativa, e gostaria de expressar minha opinião sobre o movimento.
    Converti-me em uma igreja que seguia essa visão, hoje estou fora, e posso afirmar que existem várias discrepâncias com a Palavra, assim como há acertos que deveriam ser seguidos.
    A pressa em fabricar líderes, às vezes recém-convertidos, é talvez o maior perigo dessa doutrina. Outro grande erro é a cópia fiel à fórmula do "encontro Tremendo", que é engolida e executada sem passar pelo menor crivo, reproduzindo indiscriminadamente todas as heresias e extravagâncias, várias sem o menor respaldo bíblico.
    A idéia de um fim-de-semana em um lugar diferente, especialmente preparado para proporcionar reflexão, ministração, adoração ao Deus Vivo é, convenhamos, maravilhosa. Mas atesto que há um massacre psicológico e uma salada mística que nem de longe lembra o cristianismo bíblico, como bem descreveu o autor do texto.
    Claro que há pessoas que saem de lá transformadas e que mudam de vida desde então, mas é uma pequena parcela, o que não justifica todo o malabarismo para tal. A maioria delas defende ferozmente o encontro, e parece que qualquer argumento contra algum aspecto do mesmo é considerado uma afronta ao próprio cristianismo.
    Fico extremamente triste por ver algumas igrejas maravilhosas, com pessoas realmente preocupadas com o Reino, darem essa ênfase absurda ao encontro.
    Crescimento, alienação e obediência cega.

    p.s.: pessoal, com todo o respeito, evitem escrever com o Caps Lock ativado, tenham misericórdia. Dá a impressão que a pessoa tá berrando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo6:12 PM

      Boa tarde

      Cresci como católico, e aos 29 anos mudei para igreja evangélica, mas não me considero nem um, nem outro, quero ser um cristão.

      Vamos lá, participei do encontro, olha algumas coisas gostei, mas outras, realmente não tem um respaldo bíblico:
      1 - Ministração de libertação: o ministrante falava os pecados, e quem havia pecado, levantava a mão, e depois faziam uma oração. (achei estranho)
      2 - Uma ficha com vários pecados, onde deveríamos marcar um X, nos pecados que cometemos, mesmo que tenha ocorrido no passado, ate mesmo na infância!! E depois foi queimado em uma fogueira. ( Muito estranho)
      3 - Musicas, tocadas a todo momento, inclusive nas ministrações ( o porque de usar musica para ministrar?! seria para atingir o emocional?!) e a lei do silencio.
      4 - Batismo, foi uma bagunça!!! Fizeram orações pra me derrubar, e confesso que somente cai no chão, por vontade própria, por estar envergonhado de não ter recebido o batismo. Línguas estranhas ( sei que na bíblia relata sobre as línguas no Pentecoste, mas eram idiomas), no encontro foram somente sons estranhos.

      Excluir
    2. Anônimo6:01 PM

      O que eu fui foi exatamente assim! Odiei!

      Excluir
  35. Caro Hermes, o texto publicado me remeteu a um passado não muito distante, oportunidade em que fui convidado para participar de um desses encontros. Confesso que por imaturidade fiquei muito interessado devido ao fato de tudo o que me foi dito acerca do tal evento. Na ocasião fui buscar o meu pastor, o qual me aconselhou que não fosse em razão de algumas razões acima citadas. Me lembro que fiquei até meio "assim" porque a propaganda foi intensa para eu ir, chegaram até a dizer que era Satanás querendo me impedir. Por fim acabei não indo. E lendo sua postagem, meus olhos foram ainda mais abertos para aquilo que eu já vinha começando a entender. Que o mesmo Deus que nos ensina com tanto zelo, amor e transparência continue instruindo-te e ao autor do texto.

    ResponderExcluir
  36. Vou postar qualquer hora no meu blog muito legal. Logo eu que participei forçadamente para não entristecer alguns por esta que é uma lavagem cerebral chamado "encontro com Deus" rsrsrsrsrs foi "tremendo" engano. Abraço Hermes e família.

    ResponderExcluir
  37. Olá Bispo Hermes!

    Vi a postagem sobre a visão e gostaria de saber se posso ter informações frequento a visão e vi algumas coisas que coincidem com o citado na materia porém as coisas que temos por aqui não me parecem ruim mas o que busco é a verdade de Cristo por isso gostaria de conhecer a opinião de alguém que se posiciona contra a visão. Se puder responder meu e-mail agradeço muito desde já pela atenção.

    meu e-mail é: brunosamrtins.12@gmail.com

    ResponderExcluir
  38. Escrevi em meu blog um artigo sobre o g/m-12, vale à pena dar uma conferida.

    Evangelho da Graça: M 12 - De dentro para fora.

    ResponderExcluir
  39. Tomo a liberdade de publicar o texto em meu blog "http://falandodecristo.wordpress.com/", por considerar de suma importância para o meio evangélico.

    ResponderExcluir
  40. Anônimo8:25 AM

    Tomo a liberdade de publicar o texto em meu blog "http://falandodecristo.wordpress.com/", por considerar de suma importância para o meio evangélico.

    ResponderExcluir
  41. Anônimo3:28 PM

    Amado irmão... acabo de ler seu texto e os comentários dos demais irmãos em Cristo. A questão para mim não é defender nem criticar A ou B, pois sabemos o que está escrito: "Seja o homem mentiroso e Deus Verdadeiro" só isso já basta. O que eu acho curioso é haver críticas destrutivas em pessoas que se dedicam a passar um fim de semana buscando as coisas de Deus e em como melhorarem suas vidas, seus casamentos, suas famílias... enfim todo seu ser em algo melhor para Deus e o seu próximo. Quanto as multidões que se reúnem também em sítios para orgias, poligamias, drogas e pecados diversos quase não se tem crítica, pois é assim mesmo dizem alguns. Dá até para se pensar que estamos errados ou na turma errada. Graças a Jesus que nos advertiu desse tipo de coisa dizendo nos últimos capítulos dos Evangelhos que muitos (de nós) traíram uns aos outros, prenderiam e que os piores inimigos do homem são os de sua própria casa (a igreja de Jesus, onde o joio tem crescido mais que o trigo). Basta-nos dizer como Jó: EU SEI QUE O MEU REDENTOR VIVE !!! ou como aquele cego de nascença que foi curado: "... SE É PECADOR NÃO SEI, SE É DE DEUS TAMBÉM NÃO SEI... SÓ SEI QUE: E U E R A C E G O E A G O R A V E J O
    O Encontro é tremendo, porque JESUS É TREMENDO.

    ResponderExcluir
  42. Gostei de seu texto e concordo com você. Esse método tem sido aplicado em muitas igrejas, porém os frutos são podres e faz a igreja caminhar a passos de tartaruga, ou seja, retarda o ritmo de sua marcha. Nunca concordei com esse método e por isso cheguei a ter problemas com alguns irmãos da minha igreja por causa disso, alguns deles hoje em dia estão desviados e outros fracos na fé. Evangelho e práticas psícologicas não combinam.

    ResponderExcluir
  43. Anônimo8:19 AM

    Olha sou catolico e estou vivendo,dentro da minha familia isto,na verdade nao acho que falar de deus e manipular ,mas distorcer a palavra para manipular e imsano.hoje estou procurando resppsta para a alegria eo sentimento que estou vendo em minha esposa ao participar deste encontro.sou catolico praticante e nao concordei com esse encontro ,fui enganado,so tomei ciencia no ultimo instante..me senti traido..estava procurando resposta ee deparei com este depoimento ,e sinceramente a sua experiencia ,e obra de deus expor como vc fez. Acredito que o que li me fara ter inteligencia para lidar com a situacao

    ResponderExcluir
  44. Anônimo6:00 PM

    Adorei o texto!
    Fui ao encontro desse e achei tremenda enganação também!
    Sou católica , mas ao contrário da maioria das outras pesoas não tenho preconceito com outras religiões .
    Uma amiga me convidou para ir a igreja dela e eu estava gostando . até que me convidou para esse encontro .
    Eles tentam " enfiar Jesus pela goela das pessoas " desculpe me o termo.
    Mas foi exatamente assim que me senti!
    Apelativo , constrangedor , chato , cansativo . enfim .
    Não me tocou em nada . só pensava em ir embora! Ainda tiraram um colar meu e na devolveram . era do" demônio " . tudo p eles eram do demônio . horrível!!!!

    ResponderExcluir
  45. Graça e paz,eu fui a encontro com Deus de fato e tremendo,nós não temos a visão de G12,as pessoas que passam e saem,verdadeiramente não abriram o coração pois ao serem de expostos ao próprio pecado se revoltam pois não querem abrir mão de seus pecadinhos de estimação,verdadeiramente aconselho que passem pois de fato foi tremendo

    ResponderExcluir
  46. Roseli Oliveira10:56 AM

    Bom dia
    Fui convidada para ir no encontro com Deus, aliás até pagaram para mim. Na verdade já fui uma vez em outra igreja uns 6 anos atrás, não vi nada de anormal, não modificou em nada na minha vida. Tive muitos conflitos na minha vida e hoje sei que estou curada. Estou muito bem com Deus, mas a igreja pagou pra mim e pra não fazer desfeita eu vou, mas vou preparada e peguei algumas dicas que vc deu. Confesso que algo queima no meu coração, nenhuma vontade de ir, ainda mais que não gosto de dormir num quarto cheio de gente e amo ficar no meu quarto, não sei o que fazer, acabei de sair de uma pneumonia e a vontade de dizer não é muito grande. Ore por mim, estou confusa.

    ResponderExcluir
  47. Paz irmãos. Passei por três encontros desses e um reencontro, num prazo de um ano e meio. Agora que tenho me aprofundado mais nas escrituras, penso como o autor. Porém não posso negar que Jesus mudou a minha vida. Mas hoje não mais atribuo isso ao encontro e sim a disposição do meu coração. Minha igreja pratica tais encontros, tem o local proprio e tudo o mais para tal. Cada vez que é feito cerca de 50 pessoas passam. Eu ja vi mais de 300 pessoas passarem desde que congrego lá. Infelizmente nem 10% dos 300 hoje permanecem em cristo. Também hoje começo a questionar o modelo celular. Sinceramente não vejo futuro nisso. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  48. A proposito meu nome é Odilon Pinto Sabino Junior.

    ResponderExcluir
  49. Nunca li tanto absurdo em toda a minha vida!!
    Vamos voltar ao tempo primitivo?.
    Não tô apoiando o G12. E sim apoiando ENCONTRO COM DEUS.
    Se uma igreja não houve conversão em algum encontro, pode ter certeza q em outros houve.
    RADICAL DEMAIS ESSE TEXTO.
    Faço parte de uma denominação onde somos descriminados por ser atletas, por ter tatuagens, por sermos ex drogados.
    Vamos pensar fora da caixa e sair pregando o evangelho a toda a criatura. Deus ta preocupado com almas e não com rótulos, Vamos deixar de ser religiosos.
    Acorda crente!!!

    ResponderExcluir
  50. Bom dia!meu marido foi nesse encontro veio de lá doidinho...passou pelas águas tomou santa ceia..e nos 2 vivemos em amasiado...como é isso?! Sou nascida e criada no evangélico e sempre soube q n poderia. E os últimos tempos

    ResponderExcluir