quinta-feira, outubro 20, 2016

14

Na Mira dos Caçadores de Almas






Por Hermes C. Fernandes


A igreja cristã contemporânea está enferma. Um vírus chamado “falso profetismo” infiltrou-se em seu organismo e o infectou. Acredito na possibilidade de tal contágio, porém, sem afetar os fundamentos. Deixe-me explicar:

Paulo, o apóstolo, diz que “ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo” (1 Co.3:11). Todas as denominações que professam sua fé em Cristo, têm n’Ele seu único e irremovível fundamento. Por pior e mais letal que seja um vírus, ele é incapaz de afetar a composição genética do organismo. O DNA é o fundamento que não pode ser alterado. Qualquer grupo religioso que confessar que Cristo é o Filho de Deus, vindo ao mundo para salvar a humanidade, pode ser reconhecido como genuinamente cristão.

O problema começa, não no fundamento, mas na edificação das paredes. Embora o fundamento já esteja posto, “veja cada um como edifica sobre ele” (v.10b). Uns poderão levantar um edifício de ouro, outros de madeira, e outros até de palha.

Jamais poderemos culpar a Cristo pela cabeça de porco que alguns ministérios têm edificado sobre Ele. Porém, é mister que se diga que cada obra passará por uma avaliação. Não se vai avaliar a beleza das paredes, mas a sua durabilidade. Afinal de contas, o fruto que produzimos deve permanecer.

Madeira, palha e feno não servem porque são incapazes de resistir ao fogo. Ouro, prata e pedras preciosas são preferidos, não por serem mais apresentáveis, mas por serem resistentes ao tempo, às pressões, às altas temperaturas e à corrosão.

Quem resolve construir com materiais nobres sabe que sua obra não ficará pronta da noite para o dia, porque tais materiais não são facilmente encontrados. Há que se garimpar, depurar, derreter e depois dar formato a eles. Para quem tem pressa, madeira, palha e feno são sempre abundantes, e podem ser encontrados em qualquer esquina.

Essa é a diferença entre edificar com a sabedoria do alto, e edificar a partir de estratégias humanas. O que precisamos não é de marketing, e sim da exposição do Evangelho de Deus que é poder de Deus para a salvação de todo o crê. Mas logo surgem os falsos profetas, com suas insinuações, do tipo: Bem, se fosse do meu jeito, as coisas seriam diferentes; a igreja cresceria mais rapidamente; haveria mais recursos disponíveis.

O falso profeta se apresenta como um baluarte da eficiência. Para eles, o mais importante é atrair as pessoas, e para isso, apresentam sempre uma mensagem ao gosto do freguês.

Veja a denúncia feita por Ezequiel:
“A minha mão será contra os profetas que têm visões falsas e que adivinham mentira (...) Visto que, sim, visto que andam enganando o meu povo, dizendo: Paz, não havendo paz, e quando se edifica a parede, rebocam-na de argamassa fraca, portanto dize aos que a rebocam de argamassa fraca que ela cairá. Haverá uma chuva torrencial, e grandes pedras de saraiva cairão, e um vento tempestuoso a fenderá. Caindo a parede, não vos perguntarão: Onde está o reboco de que a rebocaste?” (Ez.13:9a, 10-12)
Nesta visão, os profetas eram responsáveis pela edificação das paredes. Ainda que se use material de primeira, se as paredes não forem devidamente emboçadas, fatalmente cairão. É o emboço que dá firmeza à parede. Não basta que os tijolos estejam bem ajustados , rejuntados e no prumo. Eles têm que estar firmes.

Os profetas de Israel estavam usando argamassa fraca. Que argamassa era essa? O texto revela:
“Assim diz o Senhor Deus: Ai das que cosem pulseiras mágicas para todos os braços, e que fazem véus de diferentes comprimentos para suas cabeças, a fim de caçarem as almas! Caçareis as almas do meu povo mas preservareis as vossas próprias?” (v.18)
A argamassa usada pelos profetas de Israel era uma mistura de misticismo e legalismo, bem semelhante à que temos presenciado em nossos dias. Porém hoje, o misticismo está mais variado, sofisticado e arrojado. Além de pulseiras mágicas, encontramos também outros pontos de contato, como rosas ungidas, mantos, fogueiras santas, etc.

Os que tais coisas praticam se justificam dizendo que são estratégias para atrair as pessoas a Cristo. Em vez de pescadores de homens, tornaram-se caçadores de almas. O tipo de pesca usada por Cristo como analogia do trabalho de evangelização é a pesca com redes, que dispensa o uso de apetrechos, de iscas e anzóis. Caçadores usam armas e arapucas, pescadores de homens usam apenas redes. Basta lançar a Palavra da Verdade, e as almas virão, como aconteceu no dia de Pentecostes.

O misticismo é, sem dúvida alguma, a marca principal da igreja contemporânea. Mas além dele, também encontramos outro sintoma desta doença que é o ‘falso profetismo’. Trata-se do legalismo.

No texto de Ezequiel, lemos sobre profetizas que faziam véus de diferentes comprimentos para suas cabeças. Tais véus tinham como objetivo vender uma imagem de santidade. Tudo no afã de caçar as almas incautas.

A genuína santidade não tem nada a ver com o comprimento das saias, ou dos cabelos, ou com qualquer outra coisa ligada à aparência. A verdadeira santidade tem mais a ver com o comprimento da língua. Tanto o misticismo quanto o legalismo aprisionam as pessoas. São rebocos feitos de argamassa fraca, que a qualquer momento apodrecerão, fazendo com que a parede se fragilize e se deteriore.

Depois que a parede cai, não adianta acusar o diabo ou a oposição. É o próprio Deus quem Se levanta contra tais profetas, para derrubar-lhes as paredes mal emboçadas.

Repare no que diz o texto:
“Portanto, assim diz o Senhor Deus: Aí vou eu contra as vossas pulseiras mágicas, com que vós ali caçais as almas como aves, e as arrancarei de vossos braços; soltarei as almas que vós caçais como aves. Rasgarei os vossos véus, e livrarei o meu povo das vossas mãos; nunca mais estará ao vosso alcance para ser caçado. Então sabereis que eu sou o Senhor” (vv.20-21).
Não importa o sucesso momentâneo que um ministério alcance, se estiver baseado na falsidade, na mentira, no roubo, na extorsão, na traição, a parede um dia virá a baixo. Deus mesmo a derribará.

O fundamento permanecerá intacto, e sobre ele, o próprio Deus reedificará.


14 comentários:

  1. A paz do Senhor querido ! Obrigada por seguir meu blog e parabéns pelo post ! Seja sempre bem vindo ao meu e Deus te iluminte em suas meditações !

    boa tarde !

    ResponderExcluir
  2. A Paz! obrigada por seguir...
    Será um prazer pra mim seguir o seu blog....Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Isso mesmo!

    Já vi igrejas que incharaão da noite para o dia, com mentiras, falta de santidade, com estratégias humanas e outras coisas...Jesus veio com o espinho e thum...plaft...morreu...

    Abraço...

    ResponderExcluir
  4. Prezado Hermes


    Esse homem "caçador de Deus" se vê só e perdido. É para sair de sua solidão, que ele resolve reconstruir o templo, consertando o véu que foi rasgado de alto a baixo por Cristo.
    Este véu reparado volta a esconder um altar, que não havia mais razão de existir.

    É lá neste altar refeito, que ele se sacrifica a fim de afugentar os seus medos e temores.

    QUE PENA, Hein?

    Abçs,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  5. Um belo post.

    Gosto de vir aqui e ler seus textos.

    Boa tarde.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Olá meu irmão! Seu blog tem sido um canal de Deus, sem dúvida alguma. É uma alegria seguí-lo.
    Deus abençoe!
    Ana

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pela mensagem deixada em meu blog e com certeza já estou te "seguindo" também.

    Abraços e fique na paz!!!

    ResponderExcluir
  8. Caro irmão Hermes,

    A paz do Senhor! Obrigada por seguir nosso Blog. Tentei retribuir a visita anteriormente mas nossa internet estava mto ruim. Tem coisas que só a CLARO 3G faz por você... tipo reduzir sua velocidade para 128KB quando ultrapassa 1 GB de dow/mês, e isso ilegalmente, diga-se de passagem.

    Mas excelente reflexão para o momento que estamos vivendo na Igreja. Seja sempre bem vindo aos nossos Blogs e que Deus lhe dê sempre para distribuir assim. EStamos seguindo o seu blog e levamos seu bannser para os nossos dois blogs, se quizer trazer os nossos, ficaremos felizes.

    Excelente noite!

    Abraços;

    Elenilda Gramiscelli

    ResponderExcluir
  9. Obrigado a todos que comentário neste post. Sejam sempre bem-vindos ao nosso singelo espaço.

    ResponderExcluir
  10. Prezado Bispo Hermes C. Fernandes venho agradecer a nobreza de tua visita, e o grande incentivo que a adição à tua lista de leitura representa para o meu modesto blog.
    É uma honra ter um expoente da comunicação, da teologia,da cultura,e da fé apoiando meus primeiros passos no espaço virtual.
    Em tempo...exelentes postagens, profundas reflexões encontrei aqui!
    Em amor,
    Laudiceia Mendes

    ResponderExcluir
  11. À voz que nunca vai se calar diante de Baal.9:51 AM

    Hermes numa boa! Não é esta ovelha que tem que estar na mira dos caçadores não! No lugar dela tem que estar é o lobo.
    Coitado desta ovelha aí, isto é sacanagem com ela, pois os lobos devoradores estão rindo da desgraça dela.
    Vê isto aí direito ok?
    Será que no lugar dessa ovelha que para mim deveria ser um lobo, não dá para por aí na mira um pastor líder de uma igreja que se chama Getsêmani em BH MG aí não! O pastor líder lá se acha que é dono da Igreja e dita ordens conforme suas paixões carnais.
    Há um boato que parece ser real conforme depoimentos fidedignos de pessoas, que a filha deste pastor líder desta Igreja Getsêmani fez um pastor sair de lá , pois segundo as fontes passadas, a filha dele disse que este pastor queria tomar o lugar de seu pai que é hoje líder da Igreja, e esse pastor ficou ofendido com isto, essa pouca ... e viu que aquele lugar não era seu lugar, pois parece que há um dono da Igreja, um homem, um pastor conforme sua filha disse que ele queria tomar o lugar do seu pai! Que ridículo !
    À Igreja de Jesus e templos de parede não tem dono e sim a presença do Espírito Santo e o sustento de templos, vem de Deus através dos membros das Igrejas para obra de Deus, não de homens.
    Então podemos concluir que o pastor líder da Igreja Batista Getsêmani é dono da igreja, conforme disseram que sua filha disse.
    Agora! Igrejas de parede templos tem dono? Pessoas ser dono dela? Que cristianismo podre do inferno!
    Ou a Igreja é de Jesus e os templos são lugar onde os membros, se reúnem e que sustenta a obra de Deus dentro dela!
    Aposto se por este líder aí! O alvo vai ficar todo furado! Eu seria o primeiro a furar o alvo!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo2:44 PM

    João 15:7 Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.

    PAIXÃO, Edson.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo6:26 PM

    Pois é Edson, eles os pastores de igrejas estão pedindo, mas pedindo é dinheiro, e muito dinheiro dos seus membros para seus deleites carnais.
    São uns bando de abutres, pançudos, ricos, milionários as custas dos outros.
    Idiota é quem vai nestes lugar para adorar pastor, e o pior que ele o pastor está roubando-lhe, e o trouxa ainda diz amém para o líder da igreja.
    É lamentável!

    ResponderExcluir
  14. Anônimo10:48 PM

    Eu rogo para que acordeis.
    A verdade é infinitamente mais bela do que qualquer outra coisa.

    PAIXÃO, Edson.

    ResponderExcluir