sábado, agosto 06, 2011

3

Cientistas afirmam que fé em Deus pode contribuir na recuperação de doentes



Quem acredita em um Deus benevolente se preocupa menos com as incertezas da vida do que aqueles que creem em uma religião cheia de punições, segundo a pesquisa do Hospital McLean, publicada no "Journal of Clinical Psychology" e que será apresentada nesta sexta-feira no encontro anual da Associação Americana de Psicologia. Os médicos responsáveis pelo estudo acreditam que a crença dos pacientes deve ser mais considerada em seus regimes de tratamento e pedem que os profissionais de saúde as integrem para acelerar a recuperação.
"Muitos não estão preparados para perceber como as crenças espirituais podem contribuir para os estados afetivos e integrar estes temas ao tratamento de forma sensível", escreve o coordenador do estudo, David H. Rosmarin.
A pesquisa tem dados de dois estudos: um deles questionou 332 indivíduos, incluindo cristãos e judeus, a partir de sites e organizações religiosas. O outro pesquisou 125 pessoas em organizações judaicas, mostrando um programa de áudio e vídeo concebido para aumentar a confiança em Deus.
No primeiro caso, os pesquisadores constataram que aqueles que acreditavam em um Deus protetor eram mais confiantes. Já o segundo grupo mostrou um aumento de confiança enquanto clínica e estatisticamente diminuíam as incertezas, preocupações e estresse. O estudo mostra ainda que 93% dos americanos acreditam em Deus ou em um poder superior e que 50% deles consideram a religião muito importante em suas vidas.
"Existem evidências que indicam que muitas áreas da espiritualidade e da religião podem prever o funcionamento psicológico, mas os profissionais de saúde sequer perguntam sobre as crenças das pessoas. É uma loucura, nem perguntamos, não somos treinados para isso. Mas é importante", destaca o pesquisador.
Fonte: O Globo

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bispo Hermes, não tem nada a ver com o assunto do texto mas eu peguei um gancho do comentário da Cleciane, e respeito o seu comentário ok? Cleciane.
    Mas infelizmente digo: Ela, e outros que se iludem com igrjas instituições que se dizem evangélicas, são mais uma vítima desta máfia evangélica de engano!
    Como tem ainda pessoas que não enxergam que a igreja de Jesus, não é igreja de paredes.
    Igrejas evangélicas de paredes, a muito tempo deixou de ser templo de congregar para adorar à "jesus". Hoje pode se dizer arrecadores de dinheiro para o enriquecimento ilícito!
    A maioria dos líderes pastores são lobos vestidos de ovelhas, tem aparência de piedosos, santos, fazem o bem, mais são filhos da perdição, enviados da Nova Era, a Nova Ordem Mundial para preparação do anticristo e escanadalizar o original evagelho dos apóstolos e de Jesus Cristo.
    Isto está aí as claras, é só quem faz parte desta sacanagem, ou cego que vê e o povo que finge que não vê! líderes evangélicos pastores corruptos: Bando de abrutes! Lixos humanos! O inferno vós aguarda, e a justiça de Deus será feita! Aguardem!
    É só olhar o que está acontecendo com as igrejas que se dizem evangélicas, e que estão aumentando, porque virou uma fonte de riquezas para seu líder fazer seus deleites carnais a custas dos outros.
    Ministério Público! Olha isto aí em favor do povo que está sendo lesado, e também o Governo que está lesado, somente os pastores e líderes evangélicos estão levando grande vantagem ficando ricos! Milionários!
    Igrejas que virou instituições finaceiras milionárias, estou fora! E tem que se investigado pelo Minísterio Público, tenho certeza que eles vão achar podres lá dentro, até possível estelionátarios.
    Bando de sacanas! e Safados!

    ResponderExcluir
  3. CHEGOU O CARA DO CONTRA!!! xD

    Vamos sem bem sinceros aqui, seria a "crença" ou "obra de Deus", que resulta na melhora dos pacientes. Bom, a ciência tenta dizer que a parte psicológica da pessoa a ajuda quando à algo para fazer ou algum objetivo a seguir.

    Bom, se eu acredito em Deus, e na hora complicada eu busco a Deus acreditando em seu milagre, eu estarei trabalhando o meu psicológico... já se não há crença, não faço meu cérebro trabalhar, e posso até morrer...

    Entendeu meu raciocínio? Sempre vão tentar colocar "Regrinhas humanas" e "Filosofia terrena" para excluir o poder de Deus e coloca-lo apenas como "simbolismo"!

    ResponderExcluir