quarta-feira, maio 11, 2011

15

Deus odeia o Brasil!





Por Hermes C. Fernandes


Desde 1991, a Igreja Batista de Westboro já realizou mais de 40 mil manifestações públicas exibindo placas com dizeres nada convencionais: Deus odeia os bichas! Deus odeia a América! Recentemente, uma nova manifestação dizia que Deus odeia Lady Gaga.

De acordo com seu site “God Hates Fags”, a América teria cruzado a linha em 26 de junho de 2003, quando o Supremo Tribunal Federal decidiu que “devemos respeitar a sodomia”. Essa igreja acredita piamente que sua mensagem é a última esperança para o mundo.

Em vez de pregar o amor de Deus revelado na cruz, esses crentes preferem enfatizar o ódio divino pelo pecado, ou melhor, pelo pecador. Isso mesmo. Essa história de que Deus odeia o pecado, porém ama o pecador não está com nada, pelo menos é o que essa gente pensa.

Duas coisas me chamaram a atenção ao visitar o site. A primeira é maneira como se dá boas-vindas aos visitantes:

Welcome, depraved sons and daughters of Adam. Bem-vindos, filhos e filhas depravadas de Adão.

Qualquer um se sente em casa com uma recepção dessas!

A segunda foi o primeiro link exibido do lado direito da página: Deus odeia o mundo. Ao clicar nele deparei-me com um mapa mundi e uma lista de países alvo da ódio divino. Adivinha que país encontrei lá? Nosso Brasil varonil.

Resolvi clicar pra ver as razões pelas quais Deus odeia nossa nação. Eis os motivos encontrados:
O Brasil é uma representação bastante justa de uma Sodoma moderna e do mundo Antediluviano - uma nação de pessoas dedicadas a comer e beber até a borda, cumprindo cada desejo que desperta seu interesse menor. Os bichas são altivos e orgulhosos no Brasil, com sua parada do orgulho (Parada do Orgulho GLBT) em São Paulo sendo a maior do mundo. Da mesma forma como Sodoma e Gomorra - juntamente com o resto do mundo – o Brasil será destruído! (tradução minha com a santa ajuda do google translate)
Será esse “evangelho de ódio” a única esperança para nossa nação? Será apontando dedos inquisitórios em vez de mãos estendidas que transformaremos o mundo? Sabe o que eles dizem de João 3:16? Que tudo aquilo não passa de mentira. Confira no site ao lado das razões do ódio de Deus pelo Brasil.

Você conseguiria imaginar Jesus promovendo piquetes com Seus discípulos, e até com crianças, segurando placas coloridas com dizeres semelhantes?

Quando será que essa igreja abrirá sucursais em terras tupininquins? Ou será que já não haveria algum tipo de representação dessas idéias aqui abaixo da linha do Equador?

Cá entre nós… considero tudo isso um verdadeiro desserviço à causa do Reino.

Estou convencido de que o mundo só será salvo pelo Amor. A ira divina foi aplacada na cruz. Deus não está de mal conosco. O primeiro passo para a reconciliação já foi dado, e não tem volta. Só nos resta fazer como Paulo, suplicando aos homens para que se reconciliem com Deus (2 Co.5:20).

Recuso-me a crer que Deus odeie o Brasil, ou mesmo a América, ou qualquer outro rincão deste mundo. 

Deus ama a Sua criação, ainda que odeie o estado em que ela se encontra.

15 comentários:

  1. Olá meu querido irmão Bispo Hermes Fernandes, a qual eu admiro muito.

    De facto é um absurdo as coisas que esta igreja diz e defende.

    Mas, jamais podemos dizer que "Deus ama o pecado e o pecador", isso é absurdo! Não digo isso como um calvinista que eu sou, mas como um cristão-bíblico.

    Baseado em um estudo do Rev. Angus Stewart, vou dizer o porque sou contra a Graça comum. Nós cristãos temos que rejeitar a graça comum sobre a base da Palavra de Deus. A graça comum ensina que Deus ama o réprobo, mas as Escrituras proclamam que "o Senhor aborrece" "ao avarento" (Sl. 10:4, KJV). O Salmista declara de Deus: "odeias a todos os que praticam a maldade" (Sl. 5:5). É mentira que Deus odeia o pecado, mas ama ao pecador! Além do mais, "o SENHOR prova o justo; porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua [de Deus] alma" (Sl. 11:5). Aqui está a intensidade da aversão de Deus ao réprobo: sua própria alma – tudo o que Ele é – detesta-o. Assim, Jeová "sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso" (v. 6).

    A graça comum ensina que as coisas boas que os réprobos recebem nesta vida são prova do amor de Deus por eles. Esse foi o engano de Asafe, e é o engano de muitos. "No santuário de Deus" (Sl. 73:17), Asafe entendeu que "a prosperidade dos ímpios" (v. 3)—sua saúde (v. 4), comida (v. 7), riquezas (v. 12)—era "certamente" Deus colocando-os em "lugares escorregadios" antes de lançá-los na "destruição" (v. 18). Deus dá a eles coisas boas em Sua providência, mas Ele "despreza-os" (v. 20) por sua impiedade (v. 8).

    Salomão, o mais sábio dos homens, declarou: "A maldição do SENHOR habita na casa do ímpio" (Pv. 3:33). Todas as coisas boas em sua casa – esposa, filhos, possessões, alimento, etc. – não chegam com o amor de Deus, mas com a Sua maldição.

    Algumas pessoas dizem que rejeitamos a graça comum sobre a base de inferências extraídas a partir do conselho eterno da predestinação de Deus. Mas a verdade revelada de Deus da predestinação não é a única doutrina que milita contra a graça comum. Contra a unidade de Deus (Dt. 6:4), a graça comum ensina que Deus tem dois amores, duas misericórdias, duas benignidades, etc. Contra a imutabilidade de Deus (Ml. 3:6), a graça comum ensina que Deus ama os réprobos no tempo, e então os odeia na eternidade. Contra a justiça divina, que é tão grande que Deus não pode "não pode ver o mal" (Hb. 1:13), a graça comum diz que Deus ama aqueles que são completamente iníquos (Rm. 3:10-18). Resumindo, a graça comum postula um amor temporário, limitado, mutável e injusto de Deus (fora de Jesus Cristo!) pelo réprobo. Mas as Escrituras nos ensinam que Deus ama a si mesmo, e que Ele ama Sua igreja eleita (Ef. 5:25) com um amor particular (Rm. 9:18), eterno (Jr. 31:3), infinito (Ef. 3:17-19) e imutável (Sl. 136) em Jesus Cristo.

    Esse erro inicial de um amor de Deus pelos réprobos está sendo usado por muitos (incluindo calvinistas professos) para destruir a antítese (Gn. 3:15), amenizar a depravação total, comprometer a expiação particular, pregar um desejo de Deus de salvar o réprobo, silenciar e (então) negar a eleição e reprovação incondicional, recusar condenar o arminianismo e seus mestres, e permitir a comunhão com os arminianos.

    Veja por completo: http://luanmarcal.blogspot.com/2009/09/o-amor-biblico-de-deus.html


    Que tenhamos cuidado com esse falso evangelho arminiano, que proclamam um falso amor de Deus.


    Já agora quero "parabenizar" o bispo Hermes pelo maravilhoso blog, que tem me ajudado muito a fortalecer na fé.

    ResponderExcluir
  2. A gente não devia estar falando, nem postando nada sobre essa igreja, mas sim denunciando-a pela apologia ao ódio nas suas mais diversas esferas, fikei enojado de ter entrado nesse site e + ainda de ter lido os absurdos q li lá.

    ResponderExcluir
  3. Prezado irmão Pr. Hermes,

    Primeiro de tudo, gostaria que o irmão tivesse deixado bem claro que esta igreja de Westboro não é uma igreja BATISTA no que tange a seguir realmente os princípios BATISTAS!

    Ela não faz parte de nenhuma das associações (Convenções) Batistas nem da Aliança Batista Mundial, ao contrário ela condena a própria Aliança Batista Mundial como sendo obra de Satanás!

    Portanto, não dá para usar de má fé e unir esta igreja com as Igrejas Batistas! Certamente nenhuma das Igrejas Batistas da Convenção Batista Brasileira (CBB), Convenção Batista Nacional (CBN) ou da Convenção das Igrejas Batistas Independentes (CIBI) apoiam esta igreja de Westboro, bem como podemos afirmar que as Igrejas Batistas Americanas (das 17 convenções daquele país) também não aceitam a Westboro como sendo Batista!

    Jogar com sutileza tentando incitar aos leitores pensarem que esta é a mesma Igreja Batista que existe no Brasil é faltar com a verdade!

    É o mesmo de agora um louco qualquer criar uma Igreja REINA (Reunião Espiritual dos Iniciados Na Adoração) e falar que é alguém falar que esta é a mesma Igreja da qual o irmão é pastor! (entendeu a discrepância?)

    Portanto teria sido no mínimo educado da sua parte deixar bem claro que esta não é a posição dos BATISTAS!

    Quanto ao que estes loucos falam, sinceramente, estes são apenas mais alguns que estão fazendo um des-serviço ao Reino de Deus!

    ResponderExcluir
  4. Uma pequeno correção do meu comentário logo a cima. Eu queria ter dito: "é um absurdo dizer que Deus odeia o pecado e ama o pecador".

    Deus odeia o pecado e o pecador (não eleito).

    Um abraço em Cristo

    ResponderExcluir
  5. quanto desservico neh!!!!!!

    como dizia a antiga musica de sandy e junior...." tanta coisa pra fazer, tanta coisa pra arrumar, tem canjica pra mecher tem o coco pra ralar....."


    ridiculo...como eles podem dizer isso...sendo que Deus eh amor.....
    eles estao mostrando o contrario do que DEus manda.....o contrario do amor...todos ja sabem......entao DEus nao esta no comando dessa tontisse ai....

    ResponderExcluir
  6. Hermes, este "P.S." foi muito bem colocado...

    Esta variável abre margem a acreditar que realmente existe uma conspiração cósmica contra o Brasil.

    Oh seleçãozinha mal escalada!

    Quanto à discussão sobre a Graça, atrevo-me a dar meu pequeno pitaco, sem que isso soe como novidade: Graça é o favor imerecido de Deus, disponível a TODOS OS PECADORES. O único problema é que nem todos estão dispostos a se arrepender e se render aos pés da Cruz.

    Passa-me diversos exemplos que poderia escrever, mas basta lembrar das palavras de Jesus em Mateus 21:31-32:

    "Qual dos dois fez a vontade do pai?" "O primeiro", responderam eles. Jesus lhes disse: "Digo-lhes a verdade: Os publicanos e as prostitutas estão entrando antes de vocês no Reino de Deus. Porque João veio para lhes mostrar o caminho da justiça, e vocês não creram nele, mas os publicanos e as prostitutas creram. E, mesmo depois de verem isso, vocês não se arrependeram nem creram nele".

    É auto-explicativo...

    ResponderExcluir
  7. Nem uma coisa nem outra, na verdade todos têm, ainda que veladamente a mesma intenção de Adão, ou seja: continuar no paraíso comendo da árvore da vida e ao mesmo tempo pecando pelo puro prazer de pecar, em outras palavras: Ah! Sabe de uma coisa, papai me ama profundamente então vou botar pra zoar, vou pra balada do ôba! Ôba!Vou entrar no bonde sem freios do pecadão.
    É isso ai brother! Tô pagando.

    ResponderExcluir
  8. Missionário Barbosa10:16 AM

    BISPO HERMES, GRAÇA E PAZ DE JESUS CRISTO DE NAZARÉ, ELE É O AMOR REAL!
    O único amigo fiel, SENDO "DEUS" que deu a sua vida por todos nos pendurado num madeiro numa cruz, sendo nos pecadores.
    Para o diabo seus seguidores, e suas mentiras, vai este versículo.
    No livro de João 3.16 diz:
    Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
    " DEUS É AMOR E NÃO ÓDIO."
    João 3.16 revela o coração e o propósito de Deus para com a humanidade, "o homem".
    1- O amor de Deus é suficientemente imenso para abranger todos os homens, e, "o mundo"; leiam
    I Timóteo 2.4.
    2- DEUS "deu" seu Filho Amado Jesus Cristo como oferenda na cruz por nossos pecados.
    A expiação procede do coração amoroso de Deus. Não foi algo que Deus foi obrigado a fazer; leiam I João 4.10; Romanos 8.32.
    3- "CRER" no grego( pisteuo) inclui três elementos principais:
    (a) Plena convicção de que JESUS CRISTO é o Filho de DEUS e o único Salvador do perdido homem pecador.
    (b) Comunhão com JESUS CRISTO pela nossa auto-submissão, dedicação e obediência a Ele; leiam João 15.1-10; 14.21; 15.4.
    (c) Plena confiança em JESUS CRISTO de que Ele é capaz e também quer conduzir o cristão à Salvação final e à comunhão com "DEUS" no céu, na "Nova Jerusalém a Cidade Santa."
    4- "PERECER" é a quase sempre esquecida palavra em João 3.16. Ela não se refere à morte física, mas à pavarosa realidade do castigo eterno no inferno; leiam Mateus 10.28.
    5- "VIDA ETERNA" é a dádiva que "DEUS" outorga ao homem quando este nasce de novo.
    "ETERNA" expressa não somente a perpetuidade da nova vida, mas também a qualidade desta vida, como a de "DEUS"; uma vida que liberta o homem do poder do pecado e de Satanás, e que o afasta daquilo que é puramente terreno mundano para que ele conheça a "DEUS"; leiam João 8.34-36; 17.3.
    DEUS TE ABENÇÕE HERMES, Guerreiro amado em Jesus, meu companheiro do evangelho da cruz.
    Irmãos! Fiquem na paz de Jesus Cristo o Nazareno.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo10:17 AM

    Esse povo tá com problema sério.
    Não é espiritual não, é psicológico mesmo..
    Tem que ver isso aí.
    Chega a ser engraçado...

    @danysussa

    ResponderExcluir
  10. Ai Deus!!!
    São crianças com cartazes de ódio. Como pode alguém ter coragem de plantar o ódio em mentes tão inocentes?? Nessa idade não era nem pra elas saberem o que é isso... #oremos de verdade.

    ResponderExcluir
  11. Olá Pr. Hermes. Assisti um documentário no GNT sobre esta igreja, cuja família é a fundadora e mantenedora principal. Eles faziam protestos durante funerais de soldados americanos mortos no Iraque. Terrível e profundamente lamentável. Se tiver interesse procure "A Família mais Odiada da América" do jornalista Louis Theroux. Não sei dizer se é mais triste ou revoltante ver o Evangelho ser tratado e enfocado daquela maneira. Abs, God Bless!

    ResponderExcluir
  12. E assim caminha a humanidade... Depois tem gente que odeia os cristãos e a gente acha ruim.

    Quando pequena me ensinaram que Deus era amor... ( Ah, e justiça também, claramente)

    ResponderExcluir
  13. Fiquei tão impressionado com esse desserviço que até achei engraçado o texto sobre o Brasil!
    Inacreditável!

    ResponderExcluir
  14. Jesus deve sorrir por você.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela postagem! (Eric Ferraz)

    ResponderExcluir