segunda-feira, novembro 27, 2006

3

O Papel da Lei

O papel da Lei era diagnosticar a condição humana, antes de lhe prescrever o remédio. A Lei jamais se propôs a salvar ninguém. Ela é o instrumento pelo qual o homem descobre a gravidade de sua situação perante Deus. Não se pode acusar uma máquina de Raio X por haver revelado nossa tuberculose. Como também não se pode exigir que ela cure o doente.

O único remédio capaz de restaurar o homem é a Graça. Portanto, a Lei é boa no cumprimento de seu papel. Ninguém jamais foi salvo por ela, como também ninguém poderia ser salvo sem ela. Pois para sermos salvos, temos que admitir que somos pecadores. E só sabemos que somos pecadores, porque a Lei nos diz.

Lei e Graça andam de mãos dadas, pois se originam no mesmo Deus.

Se a Lei revela Seu caráter santo, a Graça revela Sua disposição amorosa.

3 comentários:

  1. Excelentes textos...Muito bom seu blog...Como estou começando nesta caminhado do evangelho vou linkar pq tenho muito para aprender...
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Conte conosco. Espero que vc encontre respostas nos assuntos propostos neste blog.
    E surgir alguma questão, fique à vontade para postar.

    ResponderExcluir
  3. Jônatas Rocha Silva12:01 AM

    GLÓRIAS A DEUS! Bispo Hermes, agradeço a Deus por esse pequeno texto sobre a lei que esclareceu e muito minhas dúvidas, muitas vezes já até quis evitar ler o Capítulo de Romanos, pois acho meio complicado. Mas, creio que o Bispo foi usado pelo Espírito Santo para me ajudar. Que Deus continue lhe abençoando para que você possa continuar compartilhando conosco aquilo que Ele lhe deu. Um forte abraço! CRISTUS VICTOR!

    ResponderExcluir